Assembleia votará o orçamento na segunda-feira

Arnaldo Melo enfrenta dificuldades impostas pelos colegas para colocar o orçamento em votação.

Arnaldo Melo enfrenta dificuldades impostas pelos colegas para colocar o orçamento em votação.

Ficou para sessão extraordinária na próxima segunda-feira (23) a votação do orçamento do governo do estado em 2014. Mais um dia tensão entre deputados da base aliada e o governo do estado. O novo adiamento da votação deixa ainda mais frágil a relação com os deputados da base.

Os deputados exigem o pagamento das emendas parlamentares de 2013, que ainda não foram efetuadas para a maioria dos deputados. “A única diferença entre governo e oposição são emendas. Se o governo não paga emendas para os aliados, quer todos na oposição”, reclamou um governista em conversa com o titular do blog.

O presidente da Assembleia, Arnaldo Melo (PMDB) tentou botar panos quentes na exigência dos deputado é legítima e está sendo trabalhado para que as emendas sejam pagas e o orçamento possa ser votado. “Já estamos trabalhando. Sabemos que os prefeitos têm dificuldades e esperam receber os convênios. A dificuldade é repassada para os deputados. Mas estamos conversando bem e o orçamento deverá ser votado na segunda”, pontuou.

Osa deputados oposicionistas disseram que não deverão comparecer à sessão extraordinária para votar o orçamento. Arnaldo disse que teria uma nova conversa com os oposicionistas para convencê-los a votar. Oficialmente, o período legislativo encerrou nesta quinta-feira (19).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.