Prefeitura retirou mais de 400 mil pneus das ruas de São Luís‏

Prefeitura_Retira_pneus_das_vias_publicas_Foto_ClaudioPachec_1 (1)Menor risco de dengue para a população de São Luís. A Prefeitura de São Luís já recolheu 433,50 mil pneus dos logradouros públicos, em pouco menos de um ano da gestão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior. O trabalho tem sido contínuo pela Secretaria de Obras e Serviços Públicos (Semosp) que, ainda no mês passado, despachou o 30º carregamento de pneus para os estados da Paraíba, Bahia e Ceará, totalizando 720 toneladas de pneus retirados das vias públicas.

Os pneus recolhidos das ruas e dos pequenos geradores (borracharias, oficinas de lanternagem, empresas, etc.) da cidade são ecologicamente reutilizados, baseado na Lei da Logística Reversa, que diz que os materiais depois do uso devem ser reaproveitados, corretamente, sem oferecerem severos impactos ao meio ambiente.

“A determinação do prefeito Edivaldo Holanda é que este trabalho seja feito sistematicamente, para que possamos dar uma destinação correta a esses pneus, evitando danos ao meio ambiente. Além disso, o armazenamento inadequado destes pneus, no período de chuva, pode aumentar a proliferação do mosquito da dengue”, considerou o secretário de Obras e Serviços Públicos, Antônio Araújo.

A iniciativa é uma parceria da Prefeitura de São Luís com a Reciclanip, entidade ligada à Associação Nacional da Indústria de Pneumáticos (ANIP), que dá o destino ao material sem causar danos ao meio ambiente. A empresa é responsável pelo transporte dos materiais em carretas especiais de 17 metros de extensão.

Quando chega ao destino, a matéria-prima que compõe o pneu é separado; o aço é retirado e a borracha é triturada, servindo de alimentação dos fornos das fábricas de cal e cimento nas cidades de Feira de Santana (BA), João Pessoa (PB) e Sobral (CE).

O trabalho de recolhimento também pode ser feito pela comunidade. Esses materiais são comumente desprezados em quintais, ou em outros cômodos das residências, oferecendo riscos à saúde da família. Quem possuir pneus velhos, sem serventia em casa, ou que tenha conhecimento do inservível em pontos de lixo nas ruas, deve entrar em contato com 0800 098 163 e informar o local onde se encontram, ou levá-los até o Ecoponto que funciona na Semosp (Avenida Guajajaras, São Cristóvão).

“Esse é um resultado na limpeza diária das ruas e terrenos baldios de diversos bairros da cidade. E é um trabalho que conta com a parceria atuante da comunidade. Se esses pneus não fossem recolhidos, eles estariam nos canais, córregos e até mesmo nos quintais de casa, servindo de ponto de proliferação do mosquito transmissor da dengue”, ressalvou Nelson Buriti, superintendente de Limpeza Pública.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *