Uma semana depois de criticar o governo, Priscylla Sá é escorraçada da Assembleia

Pryscilla Sá deixa o parlamento estadual.

Pryscilla Sá deixa o parlamento estadual.

Durou pouco a segunda passagem de Pryscilla Sá pela Assembleia Legislativa. Cerca de um mês e meio, quando as licenças para mandatos tampões de suplentes são geralmente de quatro meses. O dono da vaga, deputado Jota Pinto (PEN) retornou nesta quinta-feira (19) ao exercício do mandato.

O curioso é que o retorno se dá justamente na semana seguinte a que Pryscilla fez duras críticas ao governo. A suplente disse que estava indignada por não ter sido chamada para evento do governo em sua cidade natal. “O que me trouxe a esta tribuna é a indignação a respeito da visita do secretário de Infraestrutura, Luís Fernando, à minha região, à minha cidade de Presidente Dutra, na qual NÃO fui comunicada, já é a segunda vez que  isso acontece, na primeira vez me comunicaram em cima da hora, agora já não me comunicaram. Essa falta de comunicação é um desrespeito comigo e com o meu partido, afinal  a cidade Presidente Dutra foi onde eu nasci e me criei. Então, como é que a comitiva vai assinar os convênios com a cidade e não me comunica?”

A deputada foi ainda mais dura em outro trecho de seu discurso. Estão usando os convênios de forma politiqueira, estão usando para se favorecer”, afirmou.

Jota Pinto já participou da sessão desta quinta-feira. A informação de aliados do deputado é que ele retornou para poder apresentar suas emendas ao orçamento. Interlocutores de Pinto disseram que o combinado era que Pryscilla apresentasse as emendas para a base eleitoral de Pinto e ela estaria destinando para as suas.

2 pensou em “Uma semana depois de criticar o governo, Priscylla Sá é escorraçada da Assembleia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *