Prefeita de Urbano Santos absolvida de processo de cassação

IracemaA prefeita Iracema Vale (PT) escapou da cassação nesta quinta-feira (23) no Tribunal Regional Eleitoral. A segunda colocada na disputa, Lea Cristina da Costa Silva (PTB), entrou com Ação de Investigação Judicial Eleitoral contra a prefeita pedindo a cassação de Iracema por abuso de poder econômico e ilícito além de captação ilícita de sufrágio.

Froz Sobrinho, que havia pedido vista do caso, afirmou que a distribuição de brindes alegada peal recorrente sequer aconteceu no período vedado e não a entendeu como sendo para fins eleitoreiros. Exonerações feitas também no município para o relator não influenciaram no processo eleitoral. Assim, Froz acompanhou o relator que havia sido Sérgio Muniz, quando ainda estava na corte pelo desprovimento do recurso. O parecer ministerial também foi no mesmo sentido. A prefeita foi absolvida por unânimidade.

No município, a apreensão era grande em torno da possibilidade de cassação de Iracema. Nos bastidores, a cassação era dada quase como certa. Em 2011, a cidade viveu a cassação de chefe de Executivo, quando Abnadab Léda (PTB) foi cassado por irregularidades em prestações de contas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *