“A grande marca da nossa atuação serão as questões sociais”, diz Flávio Dino

flaviodinoO pré-candidato a governador Flávio Dino (PCdoB) revelou na primeira edição do movimento Diálogos pelo Maranhão de 2014 o método que deverá adotar para conduzir a atuação política durante 2014. Segundo Flávio Dino, discutir as questões sociais é o ponto chave para que o Maranhão possa melhorar.

Durante os debates ocorridos na cidade de Codó no último sábado (1º), Flávio Dino disse às centenas de ouvintes presentes na reunião que o conteúdo de sua candidatura será pautado na melhoria dos índices sociais do Maranhão. “O conteúdo central do debate eleitoral de 2014 serão as questões sociais, que nada mais é do que a vida das pessoas. Como ela é e como os maranhenses gostariam que ela fosse,” afirmou.

Flávio Dino destacou que este é o modelo adotado a partir de todas as vivências em atuação e debates nos movimentos sociais e na vida pública. Desde que foi advogado de sindicatos, passando pela função de juiz federal, deputado federal e presidente da Embratur, Dino procurou pautar sua atuação na melhoria de vida das pessoas.

A ideia que já vem sendo construída ao longo do movimento Diálogos pelo Maranhão, lançado em março de 2013, foi amplamente aceita pela população de Codó. Entre as dezenas de participantes do seminário, estudantes, professores, trabalhadores rurais, agentes de saúde e ativistas de causas sociais incluíram no debate programático os problemas mais acentuados da cidade de Codó.

O padre Bento, que atua na região, foi um dos participantes do seminário. Ele relatou casos de violência no campo e reivindicou ações de reforma agrária mais ampla. Representantes do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais do Maranhão também participaram, perguntando como organizar o primeiro setor no Maranhão.

Ao longo dos debates, Dino afirmou que uma das soluções para o desenvolvimento do Maranhão é o investimento na pequena produção, com terra e tecnologia. “É preciso distribuir terra e garantir as condições técnicas e tecnológicas para que o pequeno produtor possa também comercializar seu produto e crescer,” disse Dino.

Estudantes e professores da região relataram questões da Educação na região. Ao contar o périplo por que passam centenas de codoenses, que precisam se deslocar até Caxias e Teresina para ter acesso mais amplo ao Ensino Médio, Superior e Profissionalizante, professores e alunos pediram mais atenção à região.

Flávio Dino reiterou a importância da proposta de criar Universidades Regionais no Maranhão. Com autonomia e orçamento próprios destinados pelo Governo do Estado, cada uma das macrorregiões maranhenses poderiam ser atendidas através de cursos relacionados ao potencial de cada localidade.

“Fazemos essas reuniões como momentos de debates e de compromissos. Trago comigo uma história de vida ligada aos movimentos sociais e à promoção de uma realidade mais justa para todos. Continuo nesse caminho e convido a todos para fazer parte dessa aliança, entre os que querem um Maranhão de todos para todos,” disse Flávio Dino em sua fala final.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *