Ainda sobre a participação do Bicho Terra na abertura do carnaval de São Luís

Chico Gonçalves, presidente da Func

Chico Gonçalves, presidente da Func

A Fundação Municipal de Cultura (Func) emitiu nota sobre a postagem deste Blog que contestou o convite ao Bicho Terra para abertura do carnaval de Passarela de São Luís. O principal ponto questionado não foi esclarecido pelo Func.

O principal questionamento do blog não foi esclarecido pela nota da Func. Afinal, a postagem apenas citou a relação do Bicho Terra com o grupo Sarney, mas a crítica principal estava relacionada ao convite de uma atração que não foi selecionada pelo edital (reveja aqui). Na nota, a Func apenas diz que  “os artistas e grupos artísticos participam da programação selecionados através de edital e ainda por convite, a critério da administração e desde que os convidados tenham amplo reconhecimento público”.

O critério “amplo reconhecimento público”, a princípio, parece por deveras subjetivo. Outras atrações também teriam igual ou maior reconhecimento público. Então, todas passarem pela seleção seria o mais justo.

Vale ressaltar que apesar do tom de “perseguição” que alguns blogs tentaram dar à cobrança, o titular deste blog tem uma relação de amizade muito sólida com o presidente da Func, Francisco Gonçalves, há 9 anos. O presidente da Func é muito sério e está de fato moralizando o carnaval com a seleção através dos editais. Porém, nossa amizade não reprime o titular deste blog de criticar o que considera equívoco na gestão. Uma vez que Chico não deveria no primeiro carnaval regido por edital, convidar apenas uma apresentação para a abertura não-selecionada por ter “amplo reconhecimento público”.

Em sua página no Facebook, Chico Gonçalves enalteceu a questão do debate gerado com a política de editais. “O tema divide opiniões: uns porque são contra os editais, outros porque não foram contemplados e outros porque defendem o aprimoramento do processo. De nossa parte, procuramos adotar critérios que contribuam para a construção tanto de uma política cultural sólida, como para a construção de uma cultura da democracia”, afirmou.

Este blog está no terceiro grupo: “que defende o aprimoramento do processo”. Quanto mais a escolha dos grupos se der pela seleção, com critérios objetivos, melhor o carnaval e para a gestão do dinheiro público.

O Blog parabeniza Chico pela gestão na Func e continuará questionando o que considerar errado em qualquer pasta da administração municipal e estadual.

Confira a nota de esclarecimento da Func:

 

CARNAVAL DA PASSARELA 2014: NOTA DE ESCLARECIMENTO

Sobre a apresentação de grupos artísticos na abertura e encerramento do Carnaval de Passarela, a Fundação Municipal de Cultura (FUNC) informa:

a) da programação de abertura participaram o Bicho Terra e a Máquina de Descascar Alho, o primeiro como convidado e o segundo como classificado em edital;

b) os artistas e grupos artísticos participam da programação selecionados através de edital e ainda por convite, a critério da administração e desde que os convidados tenham amplo reconhecimento público;

c) assim, o resultado dos editais está sendo rigorosamente cumprido;

d) a atual gestão não adota critérios ideológicos e/ou partidários para contratar artistas e grupos artísticos;

e) do encerramento do Carnaval de Passarela participarão, como convidados, os batalhões dos bois de Maracanã, Maioba e Pindoba, representantes do sotaque de Matraca da Ilha, para o espetáculo “Trupiada da Ilha”, quando os personagens do São João receberão a chave da cidade das mãos do Rei Momo.

São Luís, 28 de fevereiro de 2014

Francisco Gonçalves da Conceição

Presidente

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *