Edinho ignorou existência do Maranhão durante mandato no Senado

Edinho só se interessou por temas do Maranhão a partir deste ano, já vislumbrando candidatura

Edinho só se interessou por temas do Maranhão a partir deste ano, já vislumbrando candidatura

O jornal O Estado do Maranhão divulgou ontem (28) matéria afirmando que o pré-candidato ao governo do Estado Edinho Lobão (PMDB) iniciará a sua incursão ao interior do estado a partir desta semana. Edinho tem realmente pouco tempo para conhecer os municípios do Estado até as eleições de outubro. Afinal, alguma cidade do interior recebeu nos quatro anos em que Edinho está no mandato de Senador a visita do parlamentar para saber as demandas locais e levar os problemas para discutir no Congresso Nacional? Não.

Como assumiu o mandato sem precisar de votos, a atuação de Edinho sempre foi voltada para as discussões internas do Senado e da política nacional. A aparição com maior destaque de Edinho no Senado foi relacionada à reforma do regimento interno da Casa e quando foi presidente da comissão de orçamento. Nada relacionado ao Maranhão.

A primeira vez em que apareceu em alguma discussão relacionada ao Maranhão, já em janeiro deste ano quando começava a ensaiar uma candidatura, Edinho foi duramente criticado por ter dito que o sistema carcerário é a última das últimas prioridades da Comissão de Direitos Humanos.

No sítio do Senado Federal, a única missão registrada de Edinho no Maranhão foi a inauguração do Complexo de Comunicação da Assembleia Legislativa do Estado, em fevereiro deste ano, também quando já se insinuava para concorrer ao Senado.

As demais missões de Edinho pelo Senado simplesmente foram para o exterior: estados Unidos, África do Sul e China. Nem a visita á China, parceira antiga dos Lobão, serviu para viabilizar o acordo que o ministro Edison Lobão disse que faria para que a construção da Refinaria de bacabeira saísse do papel. Vale lembrar que Edinho é o mesmo que enviou emenda parlamentar para o Pólo Sul, em detrimento do Maranhão.

Somente a partir deste ano, Edinho lembrou que era senador por este Estado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.