Márcio Jerry lembra que grupo Sarney esconde apoio do DEM

marciojerryA atual estratégia do grupo Sarney é nacionalizar a disputa estadual, em virtude da popularidade da presidente Dilma e do ex-presidente Lula no Maranhão, tentam taxar o pré-candidato ao governo do Estado, Flávio Dino (PCdoB) como o candidato “contra Dilma” por conta do apoio de PSB e PSDB, que terão candidatos à presidência.

Márcio Jerry, presidente estadual do PCdoB, reagiu e afirmou: “Oligarquia esconde a aliança com vários partidos de oposição a Dilma. Inclusive com o DEM, desde sempre da família Sarney.”

Márcio Jerry defendeu a união de todos os partidos que quiserem integrar uma ampla aliança em favor do Maranhão para derrotar os representantes do regime oligárquico. Segundo ele, o grupo Sarney continua tentando “na surdina” conseguir o apoio do PSDB, apesar de “falar mal do partido publicamente”.

No início de abril, centenas de petistas de todas as regiões do Maranhão se reuniram em ato em prol do apoio a Flávio Dino e Dilma Rousseff no Maranhão. Nomes importantes na luta democrática no Maranhão estiveram presentes, como o líder camponês exilado pela Ditadura, Manoel da Conceição, o ex-presidente da Central Única dos Trabalhadores, Nivaldo Araújo, e o ex-presidente do PT-MA, Salvador Fernandes.

Até hoje, 7 siglas já declararam fazer parte da composição de oposição para as eleições no Maranhão. Além do PCdoB, compõem os partidos aliados o PDT, PSB, PTC, PP, PROS e Solidariedade. Desses, 5 partidos apoiam Dilma Rousseff, um apoia Eduardo Campos e um, Aécio Neves. Na semana passada, o PSDB também anunciou que poderá fazer parte da coalização de oposição ao grupo Sarney no Maranhão.

O curioso é que o grupo Sarney há poucos dias brigava muito para ter o apoio do PSDB e ter João Castelo como candidato ao Senado.

1 pensou em “Márcio Jerry lembra que grupo Sarney esconde apoio do DEM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *