Em campanha, Edinho gazeta sessões do Senado

Edinho está gazetando trabalho para pré-campanha

Edinho está gazetando trabalho para pré-campanha

O Senador Edison Lobão Filho (PMDB-MA) faltou às votações nominais do Senado federal desde o dia 09 de abril, primeiro por licença médica e depois simplesmente por estar em pré-campanha. Voltou a registrar voto no plenário do Congresso na semana passada, dia 14, apenas para votar o projeto da farra de criação de novos municípios.

Edinho votou a favor do projeto que estabelece normas de criação de municípios que deverão aumentar os gastos públicos com mais cidades. O projeto já permitiria dar início a processos de emancipação – e transformação em município – de pelo menos 188 distritos, inclusive no Maranhão.

A desistência de Luís Fernando à pré-candidatura e a ascensão de Edinho Lobão se deu entre o dia 06 e 07 de abril. O Senador de fato estava em São Paulo em um tratamento de saúde e de licença do parlamento.

Depois disso, compareceu à sessão de votação do marco regulatório da Internet, dia 22 de abril, e simplesmente não registrou voto. Depois, entre os dias 23 de abril e 13 deste mês, Edinho não compareceu à nenhuma sessão nominal da Casa. Foram 10 dias apenas em campanha, não estando presente nas votações da PEC dos seringueiros e mudanças no Simples Nacional, por exemplo.

Se não pode consciliar as duas atividades, o senador Edison Lobão Filho deve pedir uma licença e deixar o segundo suplente, Pator Bel, assumir o mandato.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.