Blogueiro é agredido por seguranças de Andrea Murad em Coroatá

Durante comício realizado na noite deste sábado (23) na Vila 7, zona rural do município de Coroatá, pela candidata a deputada estadual Andrea Murad(PMDB), o criador e editor do Coroatá de Verdade, Pablo Lima, foi agredido ao tentar fotografar o evento.

O blogueiro se dirigia ao município de Pedreiras acompanhado de três amigos. Ao passar pelo povoado Vila 7 na zona rural de Coroatá, onde ocorria o comício da candidata da Coligação Pra Frente Maranhão, resolveu parar para fazer o registro fotográfico para publicação em seu veículo na internet.

Enquanto registrava o evento, percebeu uma movimentação diferente em sua direção e tentou imediatamente deixar o local mas foi cercado por seguranças que trabalham para a candidatura de Andrea Murad (PMDB) e a prefeita Tereza Murad (PMDB).

Após levar vários socos, o blogueiro ainda teve o seu aparelho celular (um Moto G) roubado pelos seguranças. Após o roubo e em meio as agressões a candidata Andrea Murad desceu do carro-palanque e garantiu ao blogueiro que seu celular seria entregue após o comício, o que não ocorreu.

Os amigos do blogueiro o levaram para a cidade de Peritoró para chamar a Polícia. Na cidade, teve o seu direito de registro do Boletim de Ocorrência negado pelo escrivão, recebendo apenas o requerimento para realização do exame de corpo de delito, mas ao procurar a UPA 24hs também não foi atendido, segundo o relato de Pablo.

O candidato ao governo do estado, Flávio Dino (PCdoB), lamentou o fato:

flavioagressaopablo

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *