Elizabeth mostra que a greve do Sindicato dos professores é política

Elizabeth Castelo Branco em sintonia com a TV Difusora

Elizabeth Castelo Branco em sintonia com a TV Difusora

Está mais do que provado que a greve do sindicato dos professores de São Luís é política. E quem acusou o golpe foi a própria presidente do Sindicato, Elizabeth Castelo Branco, em discurso na manhã desta quinta-feira (14).

Ao falar na porta da prefeitura sobre o caso, a presidente do Sindicato enfatizou: “se está desse jeito aqui na prefeitura, imagina no governo com Flávio Dino!”. Qual a relação de Flávio Dino e da eleição estadual com o “pleito” do Sindicato dos professores?

A manutenção do pequeno grupo está sendo amparada pela alta cúpula do PMDB. Em especial pelo senador João Alberto e pelo vereador Fábio Câmara. Carro da assessora de Câmara, plotado com a propaganda do candidato estava dando assistência no momento da invasão na noite de ontem (13).

A TV Difusora, de propriedade do candidato ao governo, Edinho Lobão (PMDB), foi a primeira a chegar ao local (aparentemente já tinham conhecimento de que a invasão iria ocorrer). O blog apurou que a ordem da emissora é que todos os veículos do sistema permaneçam em vigilância no local.

Carro da assessora de Fábio Câmara dá assistência ao sindicato

Carro da assessora de Fábio Câmara dá assistência ao sindicato

A ideia de invasão da prefeitura é para que Edinho usasse o fato no debate da TV Guará, que foi adiado, e aproveitasse imagens e depoimentos para o horário eleitoral, que começa na próxima semana. A coordenação de campanha do candidato do grupo Sarney espera que com o evento, tenha substância para um impacto na candidatura de Dino já nos primeiros programas da TV.

Vale lembrar que a Justiça já decretou a greve ilegal e determinou o retorno imediato das aulas.

1 pensou em “Elizabeth mostra que a greve do Sindicato dos professores é política

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *