O que fez a Comissão de Ações e onde estão os R$ 52 mi para novos presídios?

Em janeiro, Roseana e ministro Cardozo fizeram várias promessas de melhorias no sistema prisional do Maranhão . Nada aconteceu!

Em janeiro, Roseana “revoltada” e ministro Cardozo fizeram várias promessas de melhorias no sistema prisional do Maranhão . Nada aconteceu!

 

 

 

 

 

 

 

 

As perguntas que ilustram o título deste post devem ser respondidas pela governadora Roseana Sarney (PMDB). Como o mandato da peemdebista está no final, a troca de secretário da Sejap é muito cômoda, quando o problema carcerário e de segurança que foi a maior tragédia deste mandato, são de responsabilidade da gestora maior do estado.

As crises no sistema penitenciário do Maranhão, com requintes de crueldade pelas decapitações de presos, aterrorizaram o país. No início do ano, a violência dentro e fora de Pedrinhas, com a morte da menina Ana Clara, queimada viva, trouxeram ao Maranhão o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo.

O ministro e a governadora lançaram um Plano emergencial e medidas para conter a crise, incluindo a construção de novos presídios, que já tinham previsão desde 2012. Foram R$ 52 milhões garantidos com recursos do BNDES e até hoje nenhum presídio foi construído. A governadora chegou a prometer a construção de 11 presídios em seis meses.

O comitê de ações integradas que foi instituído à época ficou na mídia por alguns dias e depois caiu completamente no esquecimento. As mortes no presídio continuaram e as fugas se acentuaram de forma muito latente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *