Prefeitura recebe avaliação positiva das políticas sociais de inclusão‏

Inauguracao_CENTRO-DIA_180314_Foto Honorio Moreira__1416O trabalho de inclusão social desenvolvido pela Prefeitura de São Luís, através da Secretaria da Criança e Assistência Social (Semcas), foi destacado durante visita de representante do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) a São Luís no final do mês passado. A coordenadora nacional de Serviços de Acolhimento do MDS, Nilzareth Margarida Lima, elogiou a condução das políticas municipais direcionadas à inclusão em São Luís.

Na ocasião, a representante do MDS acompanhou o prefeito Edivaldo na inauguração da primeira Residência Inclusiva da capital maranhense. “A administração municipal entende que oferecer serviços de qualidade é um direito da pessoa com deficiência e não apenas ações de caráter meramente assistencialistas e feitas de qualquer jeito”, reconheceu, ao visitar o espaço disponibilizado em São Luís para acolhimento de pessoas com deficiência, sem vínculos familiares e em situação de abandono.

O prefeito Edivaldo ressaltou o compromisso da atual gestão em avançar na oferta e ampliação das ações desenvolvidas na área de assistência social. “Nossa meta é avançar cada vez mais. Em 2014 já entregamos os Cras da Forquilha e Cidade Operária, o Centro Dia, a Residência Inclusiva e iremos inaugurar ainda este mês mais ações que irão promover o bem-estar de pessoas com deficiência e em situação de risco, que são as que mais necessitam do amparo do poder público, numa demonstração de amor, cuidado e respeito”, explicou.

Essa atenção com a execução das políticas públicas tem feito com que o Município seja citado como uma referência nacional na qualidade do atendimento prestado às pessoas com deficiência, especialmente pela excelência dos serviços desenvolvidos e agora com a Residência Inclusiva da capital, considerada pela coordenadora dos Serviços de Acolhimento do MDS a maior e melhor em termos de estrutura, conforto e beleza.

A Residência Inclusiva está localizada no bairro Jardim Eldorado, com uma área total de 1,8 mil metros quadrados. A moradia possui estrutura física totalmente adaptada para atender às pessoas com deficiência, com ambientes amplos e todas as características de uma residência, como cozinha, salas de estar, piscina, jardins, quartos, área de lazer, etc.

Além da Residência Inclusiva, a Prefeitura entregou no inicio deste ano o Centro Dia, que acolhe pessoas portadoras de deficiência em estado de dependência, abandono, negligência ou em condições de pobreza. O prédio localizado na Cidade Operária conta com salas de atendimento individualizado, refeitório, dormitórios feminino e masculino, banheiros ampliados e salas de atividade de vida diária, todos adaptados.

O Centro de Referência da Assistência Social (Cras) da Cidade Operária, entregue no fim de setembro, também dará apoio à política de inclusão do Município. O prédio passou por uma revitalização e agora conta com uma estrutura de primeira qualidade, visando garantir um acolhimento de excelência e conforto à população.  No Centro, serão gerados grandes benefícios à comunidade, atendendo famílias cadastradas no CadÚnico, além da oferta de cursos profissionalizantes, através do Pronatec.

Outra importante ação de assistência promovida pela Prefeitura de São Luís, são as obras do Centro de Referência Especializado para a População em Situação de Rua – o Centro Pop – que terá uma nova sede inaugurada no centro da cidade ainda este mês. O Centro Pop é uma unidade de atendimento especializado à população em situação de rua que oferta serviços específicos para este público. O local é equipado com espaço de referência para o convívio grupal, social e para desenvolvimento de relações de solidariedade, afetividade, respeito e vivências para alcance da autonomia.

“O Centro Pop receberá as pessoas em situação de rua e lá ela será encaminhada para as atividades que o centro oferece como atividades físicas, laborais ou esportivas. No centro a pessoa fará todas as refeições, higiene pessoal e a noite ela será acolhida no abrigo”, explicou a titular da Semcas, Andréia Lauande. Junto com a inauguração do Centro Pop será entregue a primeira Casa Abrigo Masculina para População em Situação de Rua, localizada ao lado do Centro Pop, na Avenida Beira-Mar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.