Ditadura? PPS deve ainda discutir e decidir caminho para eleições 2016

Eliziane deve mostrar o poder de convencimento de quem confia em seu favoritismo

Eliziane deve mostrar o poder de convencimento de quem confia em seu favoritismo

As convenções partidárias que definem o destino dos partidos nas eleições de 2016 serão em junho do ano que vem. Ou seja, ainda falta um ano e meio para que sejam batidos os martelos sobre candidaturas próprias e coligações na disputa das eleições. Ainda assim, a deputada Eliziane Gama (PPS) declarou que o partido é oposição ao prefeito Edivaldo e que os filiados que tiverem posição contrária serão convidados a se retirar, já que terá candidatura própria.

“Essa questão será colocada na próxima reunião ordinária, que até o momento ainda não foi marcada pelo PPS. Aqueles que não quiserem deixar os seus cargos na Prefeitura, serão convidados a se afastar do partido, até porque o PPS faz oposição ao governo municipal”, disse a presidente do PPS a O Estado de São Paulo.

Mas se a reunião do partido ainda nem foi marcada e os membros da legenda ainda não discutiram e deliberaram sobre o tema, como pode já estar definido que o partido é oposição e os membros devem deixar os cargos na prefeitura?

A pré-candidatura de Eliziane é legítima, até pelo desempenho eleitoral nas duas últimas eleições. Mas o convencimento deve partir dos debates internos e não pela imposição da presidência da legenda. Afinal, muitos partidos como o próprio PPS tinham cargos na gestão do ex-prefeito João Castelo (PSDB) e não coligaram com o tucano em 2012.

O hoje prefeito, Edivaldo Holanda Júnior, tinha um ano e meio antes das eleições, perspectivas muito pequenas de eleição e possibilidades de coligações. Eliziane com uma perspectiva muito maior, tenta apressar o processo e “enquadrar” à força os membros do partido, quando deve ter o poder de persuasão para mostrar que é forte candidata e que vale a pena os partidários e outras legendas apostarem nela.

A tentativa de transformar o PPS em uma “Ditadura Eliziane” mostra o receio de quem quer logo firmar posição com o partido para já buscar alianças e não a firmeza de quem tem favoritismo e sabe que terá seu partido e outras legendas até a época das convenções.

Quem sabe do seu potencial não precisa se afobar.

 

1 pensou em “Ditadura? PPS deve ainda discutir e decidir caminho para eleições 2016

  1. vc e o jornalista sabio, o secretario que vc defende , e o mesmo aliado do caostelo no PODER, inimigo do atual prefeito Edvaldo H, Prefeito ! ?
    oleio de peroba pra vc e batista!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.