Governo, Assembleia e prefeitura emitem Nota de pesar pela perda de Humberto

Poderes divulgam nota de pesar pela morte do cantador Humberto de Maracanã, falecido nesta segunda-feira (19). Foi decretado luto oficial de três no estado e no município.

humbertomaracana

 

Governo do estado

O Governo do Estado manifesta profundo pesar pelo falecimento de Humberto Barbosa Mendes, cantador do Boi de Maracanã, ocorrido na tarde desta segunda-feira (19).

Humberto de Maracanã, como era conhecido, deixa um grande legado para a cultura maranhense. Cantador desde os 34 anos, marcou época, interpretando vários clássicos do folclore maranhense como a toada “Maranhão meu tesouro, meu torrão” e foi reconhecido pelo Ministério da Cultura como Mestre em Cultura Popular.

O governador Flávio Dino, bem como o conjunto de servidores do Estado solidarizam-se com a família, amigos e toda a população maranhense neste momento de dor.

Assembleia Legislativa

A Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão externa o seu profundo pesar pela morte do cantador oficial do Boi de Maracanã, Humberto Barbosa Mendes, ocorrida na tarde desta segunda-feira (19), no Hospital Carlos Macieira.

Humberto era Mestre em cultura popular reconhecido pelo Ministério da Cultura. Nasceu em São Luís no dia 2 de novembro de 1939, era casado e pai de 22 filhos. Há mais de 40 anos fazia parte de um dos mais tradicionais grupos de bumba meu boi, no sotaque de matraca, o Boi de Maracanã, do qual era compositor e intérprete de toadas desde os 12 anos.

O cantador Humberto do Maracanã era reconhecido pela interpretação da toada que se tornou símbolo do São João do estado maranhense, “Maranhão, Meu Tesouro, meu Torrão”.

A Assembleia Legislativa lamenta a grande lacuna que Humberto do Maracanã deixa no folclore maranhense, ao mesmo tempo em que se solidariza com a dor dos familiares e amigos.

O velório será realizado no barracão do grupo do Boi de Maracanã, no bairro homônimo, a partir das 20h.

Prefeitura de São Luís

A Prefeitura de São Luís lamenta o falecimento do cantador do Boi de Maracanã, Humberto de Maracanã, na tarde desta segunda-feira (19), vítima de infecção generalizada.O prefeito Edivaldo decretou luto oficial por três dias pela morte do cantador.

Mestre da cultura popular, Humberto tornou-se ícone da tradição de uma das manifestações mais populares do Maranhão, o Bumba-meu-boi. O cantador começou a compor e interpretar toadas aos 12 anos de idade. Aos 34, assumiu o comando e a voz do Boi de Maracanã.

Reconhecido pelo Ministério da Cultura como “mestre em cultura popular”, Humberto foi um dos maiores divulgadores da tradição musical maranhense. No Carnaval de 2014, foi homenageado pelo Bloco Organizado Dragões da Madre Deus, durante o desfile da Passarela do Samba.Um dos símbolos do São João do Maranhão, o cantador é autor da toada “Maranhão, Meu Tesouro, meu Torrão”.

O prefeito Edivaldo solidariza-se com a família e com os amigos, com votos de conforto e de paz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *