Parece piada: Andrea Murad “protegendo” o servidor público

Para proteger servidor, Andrea deveria primeiro cobrar Ricardo pelo calote aos funcionários da Saúde

Para proteger servidor, Andrea deveria primeiro cobrar Ricardo pelo calote aos funcionários da Saúde

A piada do dia de ontem foi contada pela deputada estadual eleita Andrea Murad (PMDB). Depois de seu pai ter deixado os servidores da Saúde com um, dois ou três meses de salários atrasados (dependendo das terceirizações), a filha de Ricardo Murad afirma que apresentará projeto para “proteger” os servidores públicos para terem prioridade aos servidores no caso de dificuldade financeira do estado.

No caso do governo Flávio, não existe a necessidade de Lei já que o governador já demonstrou prioridade no pagamento do funcionalismo. Para fechar e pagar a folha do mês do mês de janeiro, Flávio utilizará quase todo o recurso do FPE, tendo que esperar o repasse da última parcela, dia 30 para pagar imediatamente os servidores, que receberão até o segundo dia útil do mês subsequente.

Ou seja, o pagamento dos servidores é prioridade principal com os recursos que terá o governo, já que, irresponsavelmente e contrariando a lei de Responsabilidade Fiscal, o governo anterior não deixou o recurso em caixa para cumprir estas obrigações. O atual governo, diferente do anterior, não atrasou salários, apenas anunciou uma tabela com o limite máximo de pagamento até o segundo dia útil do mês subsequente, quando a lei garante o pagamento até o quinto dia.

“Salário é sagrado, é verba alimentar, ninguém pode ser privado do seu recebimento”, afirmou a deputada eleita. Deveria avisar o próprio pai que deixou milhares de pessoas em situação difícil em um momento delicado como as festividades de final de ano.

Os funcionários não foram pagos e até o momento Ricardo Murad ainda não explicou porque deu calote nos servidores e onde foi parar o dinheiro. Dar essas explicações e apresentar propostas de soluções reais seriam um grande serviço que a deputada Andrea Murad iria prestar ao funcionalismo público.

4 pensou em “Parece piada: Andrea Murad “protegendo” o servidor público

  1. Seria interessante a Murad revogar a coerção que os servidores estaduais foram submetido para não usufruir da URV em prol de um tal Plano de Carreira…

  2. eu nao consigo entender esse pessoal do grupo derrotado, pois agora ficando pousando de bom para o servidor da saude, mais antes dava no meio da jugular do povo da saude é muita caruda mesmo !! só passando um lustra movél na cara desse pessoal !!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.