Othelino rebate ataques de Andrea Murad ao secretário Márcio Jerry

Para o deputado, Andrea Murad desrespeita a figura feminina quando diminui a dirigente partidária, Lene Rodrigues

Para o deputado, Andrea Murad desrespeita a figura feminina quando diminui a dirigente partidária, Lene Rodrigues

O deputado estadual Othelino Neto (PCdoB) saiu em defesa do secretário  estadual de Articulação Política, jornalista Márcio Jerry (PCdoB), na sessão desta segunda-feira (09), após críticas feitas pela oposicionista Andrea Murad (PMDB) sobre nomeações no governo Flávio Dino. Segundo o governista, o auxiliar não teve participação decisiva na escolha da chefe de gabinete do governador, Joslene Rodrigues, com quem mantém relacionamento afetivo, como quis passar na tribuna a peemedebista, pois ela já milita no PCdoB há 16 anos e seu perfil, por si só, foi determinante para assumir o posto.

 Para o deputado, Andrea Murad desrespeita a figura feminina quando diminui a dirigente partidária Lene Rodrigues que, muito antes de ter relação afetiva com Marcio Jerry, já era militante e dirigente do partido. O parlamentar acrescentou que a hoje chefe de gabinete é uma das líderes com maior destaque no PCdoB local e reconhecida pela direção nacional da sigla. “Eles se conheceram na luta. O secretário não precisou fazer da Lene secretária até porque ele não a nomeou”, frisou.

Othelino criticou também a deputada do PMDB por conta de um trocadilho feito na tribuna, mostrando a foto do secretário de Articulação Política e presidente do PCdoB, fazendo referência à estatura dele. “O Márcio Jerry é um baixinho do bem, inteligente, culto, bom caráter. Inclusive, certamente, é um baixinho que tem muito mais caráter do que muitos grandões aqui em nosso Estado”, afirmou. Claro, em referência ao pai de Andrea, o ex-secretário de saúde, Ricardo Murad.

O deputado do PCdoB ressaltou que, no atual governo, não existe nepotismo e não há nenhum parente do governador empregado ou nomeado no Estado e nem fazendo negócios com o Executivo. “Então, não dá para vocês virem agora querer desqualificar o governo Flávio Dino, que só está começando e está começando muito bem”, disse.

Mesmo sendo uma representante das mulheres na Assembleia, Andrea desrespeitou protagonismo de Joslene para chegar ao cargo que ocupa

Mesmo sendo uma representante das mulheres na Assembleia, Andrea desrespeitou protagonismo de Joslene para chegar ao cargo que ocupa

Em seu discurso, Othelino enfatizou que quem julgou e aposentou determinados políticos do modelo ultrapassado, que puniam adversários, no Maranhão, foi o povo e não Flávio Dino. “Foi o povo do Maranhão que aposentou o modelo político ultrapassado que empobreceu o Estado e que punia e perseguia adversários políticos”, lembrou.

“Como disse o governador, esses leões já não rugem mais contra o povo do Maranhão. A senhora fala do atual comando do Estado como se não tivesse participado desse governo que destruiu o Maranhão e que nós estamos agora começando a reconstruir. Certamente, o que nós queremos para sua filha de cinco anos e para a minha filha de cinco anos é um Maranhão muito melhor, onde os hospitais funcionem, onde haja Segurança, Educação de qualidade, etc”, enfatizou Othelino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *