Política maranhense em notas

Balanço dos 100 dias

O governador Flávio Dino concederá entrevista coletiva para explanar sobre os 100 dias do governo nesta sexta-feira (10) no Palácio Henrique De La Rocque. Na coletiva será feito um detalhamento dos principais programas e ações realizados pelo governo do Maranhão para garantir a consolidação do desenvolvimento econômico e social do Estado.

Othelino rebate ataques de Andrea

sessãoO deputado Othelino Neto rebateu os ataques da deputada Andrea Murad na tribuna da Assembleia e a desfaiou a mostrar onde ele responderia algum processo sobre o período que foi secretário de Meio Ambiente. Ele afirmou que foi o deputado que mais sofreu perseguição no governo Roseana. “Viraram minha vida de cabeça para baixo. Fizeram todo o tipo de aberração jurídica. Quebraram sigilo telefônico, fizeram todo o tipo de coisa para tentar desqualificar a minha gestão”, lamentou. Othelino lembrou que foi candidato a deputado sem ter uma impugnação. O comunista defendeu a criação da Superintendência de combate à corrupção.

Rogério cobra provas de denúncias da oposição

rogerioRogério Cafeteira pediu provas reais da acusação de que o governo estaria cobrando das empresas uma porcentagem de 40% para receberem por serviços prestados no governo anterior. O líder também pediu o nome das empresas pois sem nenhum dado concreto só poderia achar que a oposição está mentindo, criando um fato.

Acordou

Finalmente o deputado Fábio Macedo (PDT) resolveu defender o pai, Dedé Macedo, apontado pela mídia sarneysta diariamente como agiota. Em discurso nesta quinta-feira (9), Macedinho rebatendo discurso de Andrea Murad disse que seu pai é perseguido desde 2010, quando rompeu com o grupo Sarney. “Em quatro anos Ricardo Murad não conseguiu provar absolutamente nada contra meu pai e se o governador Flávio Dino quiser, também pode abrir investigação, tenho certeza que também não vai encontrar nada, sabe por quê? Porque Dedé Macedo não é agiota, ele é um empresário trabalhador e homem sério”. O editor do blog já estava até acreditando que Dedé é mesmo agiota, já que nem o filho o defendia.

Trabalhistas contra o trabalhador

Deputado WevertonAinda sobre a votação do Projeto de Lei 4330/04, que permite a terceirização generalizada, chamou atenção alguns votos levando em conta a “ideologia” das legendas. Os dois deputados maranhenses do Partido Democrático Trabalhista (PDT) votaram a favor do projeto que precariza as relações de trabalho. Deoclides Macedo e Weverton Rocha votaram a favor do projeto. O principal cacique do PDT no Maranhão, Weverton, sempre diz que a bandeira do partido continua sendo o trabalhismo. Leonel Brizola e Jackosn Lago provavelmente não votariam assim. Zé Carlos (do Partido dos Trabalhadores) e Pedro Fernandes (do Partido Trabalhista Brasileiro) votaram contra o projeto.

59 mil podem perder o título eleitoral

titulo-eleitor-CANCELADOQuem não votou e/ou não justificou ausência nas urnas nas últimas 3 eleições terá seu título de eleitor cancelado caso não se regularize procurando um cartório eleitoral até 4 de maio. Para isso, deve-se portar documento oficial com foto, título, comprovantes de votação, de justificativa e de recolhimento ou dispensa de recolhimento de multa. No Maranhão, o total de eleitores nesta condição é de 54 mil 912, sendo que em São Luís e mais 8 municípios que passaram pelo recadastramento biométrico em 2013 e 2014 não existem eleitores passíveis de terem seus títulos cancelados.

Fundo de Desenvolvimento da Agricultura familiar

zeinacioO deputado Zé Inácio (PT) apresentou requerimento solicitando que o governador Flávio Dino encaminhe a regulamentação da Emenda Constitucional 070/2014 que criou o Fundo Especial de Desenvolvimento da Agricultura Familiar – FUNEDAF, que tem como objetivo proporcionar recursos financeiros para o apoio às atividades da agricultura familiar no território maranhense, na forma de investimentos diretos nas comunidades rurais e de financiamentos aos produtores rurais enquadrados nessa categoria. O projeto foi apresentado na casa no ano passado pelo então deputado Zé Carlos.

3 pensou em “Política maranhense em notas

  1. vamos ver no que vai dar essa terceirização, pois acho que vai melhorar e muito para o tralhador, agora as centrais sindicais estão todas ouriçadas, mais deixa um trabalhador precisa de assistência pra ver se conta com o sindicato, nunca conta, eles só visam interesses deles mesmo. Sindicato só é bom de recolher dinheiro, isso sim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *