Somente quatro deputados maranhenses votaram a favor dos trabalhadores

Discussão do PL 4330/2004 que dispõe sobre o contrato de prestação de serviço a terceiros e as relações de trabalho dele decorrentes. Presidente da Câmara, dep. Eduardo Cunha (PMDB-RJ)A Câmara Federal aprovou o Projeto de Lei 4330/04. A PL é uma grande derrota aos trabalhadores permitindo a terceirização generalizada e a precarização as relações de trabalho do serviço público e provado. Foram 324 votos a favor do texto, 137 contra e 2 abstenções.

Da bancada maranhense, somente Rubens Júnior (PCdoB), Zé Carlos (PT), Eliziane Gama (PPS) e Pedro Fernandes (PTB) votaram contra a imoralidade. Outros 12 votaram a favor do projeto. Sarney Filho (PV) e Waldir Maranhão (PP) faltaram à votação.

Desengavetado depois de 11 anos de tramitação pelo presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB­RJ), o projeto sofreu oposição do PT, do governo e da CUT (Central Única dos Trabalhadores). Mas como tem ocorrido nas últimas semanas, eles não tiveram força para barrar a votação.

Votaram contra os trabalhadores:

Aluísio Mendes

André Fufuca

Cléber Verde

Deoclides Macedo

Hildo Rocha

João Castelo

João Marcelo

Júnior Marreca

Juscelino Filho

Victor Mendes

Weverton Rocha

Zé Reinaldo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *