Em meio à polêmica de “gênero”, Plano Municipal de Educação é aprovado

plenariocamaraO Plano Municipal de Educação de São Luís foi aprovado pela Câmara Municipal em meio a muita polêmica sobre a discussão sobre gênero, diversidade e orientação sexual. Movimentos religiosos lotaram a galeria da Casa para pressionar sobre a não colocação de termos sobre diversidade sexual no Plano.

O vereador Honorato Fernandes (PT) foi o único favorável à discussão da política da diversidade sexual. Principal representante da bancada católica na Casa, o vereador José Joaquim (PSDB) fez longo discurso sobre família e ordenamento natural para que não contivesse os termos do Plano. Assim, foi aprovado o Plano de São Luís no último dia do prazo. Votaram contra o Plano apenas os vereadores Fábio Câmara (PMDB) e Rose Sales (PP).

Só que o Plano já não continha os termos pelo que foi enviado pelo Executivo. No texto inicial, por um equívoco do “Control C – Control V, acabou sendo enviado, mas depois foi mandado corrigido.

Vale ressaltar que se não fosse aprovado nesta quarta-feira (24), e o município estaria sujeito à multa e punições com restrições até para capitanear recursos para a Educação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *