Em meio a muita discussão, LDO é aprovada na Câmara Municipal

Clima foi tenso no último dia de atividades do primeiro semestre da Câmara

Clima foi tenso no último dia de atividades do primeiro semestre da Câmara

Depois de ferrenhas discussões, a Lei de Diretrizes Orçamentárias foi aprovada na Câmara Municipal com o parecer positivo da Comissão de Orçamento. A votação da LDO e do restante da pauta encerraram as atividades do primeiro semestre de 2015 da Câmara Municipal de São Luís.

O projeto 043/2015, que trata da LDO teve sua aprovação pela maioria do plenário do Legislativo Ludovicense, tendo se posicionado contrário apenas os vereadores Fábio Câmara (PMDB), Manoel Rego (PTdoB) e Rose Sales (PP). Antes de ser colocada para apreciação, a matéria foi apresentada no plenário pelo relator da Comissão de Orçamento, vereador José Joaquim Guimarães (PSDB). Rose Sales discutiu com Roberto Rocha Júnior, Pedro Lucas e Osmar Filho por não ter sido indicada como presidente da Comissão de Meio Ambiente.

A LDO foi aprovada com duas emendas modificativas, que tiveram a função de substituir como forma de melhorar a redação de alguns artigos e uma supressiva. Esta suprimiu o artigo 55 que tratava sobre parcelamento de débito previdenciário junto ao INSS.

Mudança do Regimento é adiada

Outro projeto polêmico foi o novo Regimento Interno da Câmara. Após alguns momentos de indecisão sobre a apreciação do projeto sobre o novo Regimento, já que surgiu uma dúvida com o aparecimento de duas propostas, o presidente do Legislativo Municipal, vereador Astro de Ogum (PMN), decidiu adiar a votação para o próximo mês de agosto, na volta do recesso parlamentar, dia 03 de agosto.

“Não posso colocar em votação essa matéria, já que está ficando tudo muito complicado. Nós temos tempo suficiente para adequar todos os itens. E se nós já esperamos todo esse tempo para votarmos um novo regimento, não custa nada esperar mais 15 dias”. E ficou para o mês de agosto a votação.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *