Política maranhense em notas

Pagamento dos servidores na sexta-feira

salarioO pagamento dos servidores do Estado será antecipado para a próxima sexta-feira (31), por determinação do governador Flávio Dino. De acordo com o calendário, o pagamento seria efetuado no dia 04 de agosto, segundo dia útil do mês, mas, devido à viabilidade financeira do Estado, será novamente adiantado. Com a efetivação do pagamento dentro do mês trabalhado, o Governo cumpre com seu compromisso com o funcionalismo público de antecipação sempre que financeiramente viável para o Estado. A efetivação do pagamento dentro do mês trabalhado beneficia mais de 110 mil servidores do Estado, entre ativos e inativos.

Caso Roberto Rocha no TRE

robertorochaO processo do PMDB contra o senador Roberto Rocha (PSB) acusando de Caixa 2 deverá ser julgado em agosto elo Tribunal Regional Eleitoral. A situação é temerária para Rocha porque Sarney está mobilizando seus “pauzinhos” para cassar o mandato do socialista. O processo já está no Ministério Púbico Federal para parecer. O relator é o duro Louriva Serejo. O clima deve esquentar no julgamento mais importante do TRE este ano.

E se Roberto cair?

roseanaboladaFaz-se necessário reforçar que o editor do Blog acredita que Roberto Rocha deve permanecer no cargo. Mesmo que perca no TRE, recorre ao TSE no cargo e ganha tempo para tentar a vitória no Tribunal superior. Ainda assim, vejamos o que aconteceria caso Roberto tivesse o mandato cassado. Deverá ser convocada nova eleição direta. Ou seja, todo o eleitorado maranhense convocado para eleição extraordinária. E quem seriam os candidatos. Como é uma nova eleição, não haveria necessidade de serem os mesmos candidatos da primeira. E pelo PMDB, a única candidatura que se vislumbra é da ex-governadora Roseana Sarney, que seria forte candidata. Do grupo dinista, Zé Reinaldo aparece como possível candidato. Porém, Eliziane Gama teria mais chances de vitória diante de Roseana.

Para que serve um Senador?

Prometendo demonstrar ao Maranhão para que serve um Senador, Roberto Rocha pouco mostrou em seis meses. Em levantamento do site Congresso em Foco, o maranhense aparece entre os mais faltosos do Senado. Roberto Rocha (PSB-MA) vem em terceiro lugar, com 15 faltas, das quais 14 foram “justificadas”. Apenas José Maranhão (PMDB-PB), com 22 ausências, e Magno Malta (PR-ES), com 19 ausências, faltaram mais que o maranhense. Nos últimos dias, Rocha estava em tratamento no hospital Sírio Libanês, em São Paulo.

Caso Vera Macieira: impunidade permanece

fernandofialhoAproveitando que a mídia sarneysta relembrou o caso Vera Macieira (veja mais detalhes aqui), nunca é demais reforçar o pedido para que o Ministério Público tome alguma atitude. Um escândalo sem precedentes, quando o então secretário Fernando Fialho firmou convênio com uma entidade que não tem nenhuma comprovação de funcionamento em uma comunidade que comprovadamente NÃO EXISTE. Um Inquérito Civil foi aberto no Ministério Público e não se teve mais nenhuma notícia de teve andamento. Fernando Fialho e Roseana Sarney precisam responder, já que existem graves indícios do desvio de quase R$ 5 milhões com a manobra.

Comunidades brigam pelo “Todos por São Luís”

11854_img_5465 (1)Já existe uma disputa das lideranças comunitárias para levar as ações do programa “Todos por São Luís” para o seu bairro o quanto antes. Os moradores já veem o programa como grande ação que leva não só serviços essenciais em ato realizado aos sábados, mas também uma gama de serviços inclusive de infraestrutura entregues diretamente pelo prefeito Edivaldo. Também é uma oportunidade ímpar de reclamar e solicitar melhorias diretamente ao prefeito. A coordenação do programa acalma os líderes garantindo que com o programa agora semanal, todos os bairros serão contemplados. Nesta semana, o bairro beneficiado é a Vila Palmeira.

2 pensou em “Política maranhense em notas

  1. Eu super aprovo esse programa pois são muito benefícios para a comunidade e também podemos ter contato direto com o prefeito que é super carismático…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *