Odebrecht justifica falta em audiência mas não explica abusos

A empresa Odebrecht Ambiental enviou nota de esclarecimento para justificar sua ausência em audiência pública sobre os serviços de água e esgoto dos municípios de São José de Ribamar e Paço do Lumiar, onde a empresa fatura milhões na concessão dos serviços.

A Odebrecht afirmou que “em razão do tumulto generalizado que impediu a formação da mesa com as instituições convidadas, representantes da empresa deixaram o local por entender que o assunto saneamento básico deixou de ser o foco da discussão principal, substituída por desavenças políticas”.

Mas o que realmente interessa para a população dos municípios da região metropolitana é saber porque o abastecimento e esgoto, que deveria ser realizado pela Caema e foi privatizado, está tendo reajustes de preços tão abusivos. Em que se baseia a tabela de preços da empresa?

A empresa ainda diz que “reafirma o compromisso estabelecido em janeiro de 2015 com a população dos dois municípios de regularizar os serviços de abastecimento de água, implantar esgotamento sanitário adequado e atender cada vez melhor os usuários dos serviços de água e esgoto”. Ora, se a empresa ainda vai regularizar os serviços, que continuam precários, por que está cobrando tão caro?

São estes questionamentos que a população quer respostas. A empresa deveria convocar coletiva de imprensa para esclarecer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *