As filiações de Ricardo Murad e a contestação de João Alberto

IMG-20151027-WA0017O candidato a presidente do PMDB, João Alberto, apresentou à imprensa três certidões de filiação eleitoral que mostrariam que três membros da chapa encabeçada pela filha de Ricardo Murad, Andrea Murad, não seriam filiados à legenda. Esta é uma das razões para o indeferimento da chapa. João Francisco Jones Braga, Wellington de Oliveira Rodrigues e Mara da Piedade Rodrigues não seriam filiados.

Ricardo Murad mostrou as certidões de dois destes membros e alegou serem fraudadas as certidões apresentadas por João Alberto. O Blog então apurou as certidões.

Toda certidão de filiação eleitoral pode ter sua autenticidade certificada com o código de autenticação no site do Tribunal Superior Eleitoral. De fato, as duas certidões apresentadas por Murad são verdadeiras e Maria da Piedade Rodrigues e Wellington de Oliveira Rodrigues são filiados ao PMDB de Coroatá – logicamente – desde 2003.

Mas as certidões apresentadas por João Alberto também são autênticas de acordo com o sistema FiliaWeb, do TSE. Mas as duas pessoas possuem o mesmo nome, mas os números de inscrição do eleitor é diferente. Como não é informada a cidade na certidão do não filiado, o mais provável é que sejam homônimos, já que Maria da Piedade Rodrigues e Wellington de Oliveira Rodrigues são nomes comuns.

Welligton é filiado ao PMDB. Mas o nome que consta na chapa de Andrea é Wellington, com "n"

Welligton é filiado ao PMDB. Mas o nome que consta na chapa de Andrea é Wellington, com “n”

Acontece que o terceiro nome apresentado por João Alberto não é mesmo filiado ao PMDB. João Francisco Jones Braga teve seu pedido de filiação cancelado a pedido do eleitor. E ainda assim teria assinado seu o requerimento de inscrição na chapa de Andrea Murad.

Em nota emitida há pouco, João Alberto afirma que “os nomes apresentados na chapa “Renovar para Crescer” divergem ortograficamente, das certidões apresentadas por Ricardo Murad em redes sociais”.

De fato, Welligton de Oliveira Araújo – grafado sem “n” é o coroataense filiado. Mas o nome que consta na chapa de Andrea Murad é Wellington de Oliveira Araújo, com “n”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.