“É como um criminoso apontar pro outro para desviar o foco do seu crime”, dispara Lupi contra Cunha

lupiDurante a entrevista coletiva que anunciou a campanha contra o Golpe do impeachment, o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, foi muito duro contra a abertura do processo de impeachment pelo presidente da Câmara, Eduardo Cunha. Ele comparou a atitude de Cunha com a de um bandido que aponta por outro. “É como um criminoso apontar pro outro para desviar o foco do seu crime”.

O presidente nacional do PDT também afirmou que Cunha é diretamente interessado por estar na linha sucessória. “Muita gente acha que se a presidente Dilma cair vai ter eleição direta. O presidente da Câmara é interessado direto. Não temos medo de debater. Como sempre estivemos na nossa história,  estaremos ao lado da população”.

Lupi também disse conhecer a presidente e sua conduta. Ele afirmou ser estranho o crescimento das Bolsas de Valores, o que demonstra os interesses dos grandes grupos econômicos na queda da presidente.  “Apoiamos a presidente Dilma desde o primeiro mandato. Tenho absoluta e total confiança na forma como a presidente trata o dinheiro público. O que está em jogo é o Brasil e não é a presidente Dilma. É muito estranho que a Bolsa tenha melhorado. A quem interessa esse golpe? A nossa história é luta contra golpe”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *