Câmara de Santa Inês decide futuro de Ribamar Alves

O Imparcial – A Câmara Municipal de Santa Inês iniciou sessão extraordinária para votar pedido oficial de afastamento provisório do cargo de prefeito, protocolado pela defesa de Ribamar Alves (PSB) na última sexta-feira, dia 12.

O afastamento só será autorizado se a maioria deles votar a favor. Em caso de aceitação do pedido de afastamento ou em caso de cassação do mandato de Ribamar Alves, o vice-prefeito Ednaldo Alves Lima, o Dino (PT), assumirá o mandato.

Sessão extraordinária Câmara Municipal de Santa Inês

O vereador Orlando Mendes, presidente da Câmara Municipal de Santa Inês, garantiu que o executivo do município vem funcionado com regularidade, apesar do clima de insegurança política em Santa Inês. “Todas as secretarias da prefeitura estão funcionando normalmente, os salários dos funcionários foram pagos”.

Ednaldo Dino, que assume o cargo de prefeito de Santa Inês, hoje, independente da decisão da Câmara ser favorável ou contrária ao pedido de afastamento de Alves, diz que foi procurado por muita gente devido a insegurança política pela qual passa o município. “Eu estou sendo procurado por autoridades, lideranças comunitárias, sindicais. Muita gente tem me procurado e pedido para assumir. Isso me provoca uma inquietação, pois a gente percebe, sente o clima de instabilidade na cidade. As pessoas estão preocupadas com o que vai acontecer”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *