Leilão do voto do impeachment de Roberto Rocha não teve êxito

robertorochaO Blog apurou mais detalhes da matéria veiculada pela Folha de São Paulo sobre a articulação do PT com senadores nas eleições municipais em troca de votos contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff.

Com o voto a leilão, o senador maranhense Roberto Rocha (PSB) jogou pesado. Em troca de seu voto favorável à Dilma, Roberto exigiu o apoio do PT a seus candidatos em São Luís, Imperatriz, Pinheiro e Balsas. Teve os pedidos negados. O próprio Roberto admite à Folha o leilão ao confirmar que conversou com Dilma e com o presidente interino, Michel Temer (PMDB).

Nas quatro grandes cidades, importantíssimas para o projeto de Flávio Dino, o governador reagiu forte e o PT não permitiu a mudança.

Já as mudanças do PT em Timon e Codó não são necessariamente vitória de Roberto Rocha. O PT só mudou a posição nos dois municípios porque os senadores João Alberto (PMDB) e Edison Lobão (PMDB) também tinham interesse no mesmo candidato. Os petistas esperam contar com os votos dos três senadores do Maranhão.

O episódio escancarado revela o nível de representação do Maranhão no Senado. Em especial do “senador da mudança”, que não teve vergonha de escancarar que seu voto está a leilão e não será de acordo com sua consciência e interpretação se houve ou não crime de responsabilidade da presidente Dilma. Mas se com o PT está difícil, com o PMDB não avançou em nada. Parece que não acha comprador.

2 pensou em “Leilão do voto do impeachment de Roberto Rocha não teve êxito

  1. Meu caro Clodoaldo, é até compreensível as atitude de Dilma, tudo isto significa medo, desespero, é preciso lembrar que Dilma está como um náufrago, procurando apoio em tudo que boia, como exemplo; os merda destes três senadores do Maranhão, todos venais, oportunistas e corruptos não necessáriamente nesta ordem . Dilma sabe que pode contar com a compreensão de Flávio Dino, Dilma sabe que Flávio Dino é uma das mente brilhante da política do Brasil, e neste momento somente o senado, com seus bando de corruptos, venais, traidores e golpista podem reverter a sua situação de “impinchada”. Qualquer um na situação de Dilma apelaria para Deus e o diabo. Todo mundo sabe, que nessas hora difícil é que se conhece os verdadeiro amigos, nessas hora os covarde, traidores são os primeiros a debandar, os ratos foge do barco. Dilma coitada, aceita qualquer naco de esperança, está como a condenada a morte a espera de um indulto, como o miserável a espera do seu salário mínimo no fim do mês, que não paga todas suas conta, angustiada, nervosa a espera do fim, istoé muito doloroso.

  2. Continuando: A política é demagógica e traiçoeira, quem se ilude com os político e espera sinceridade e fidelidade trai a si mesmo. Voltando a Dilma, repito,está no mato sem cachorro, num beco sem saída, numa encruzilhada sem saber o rumo a seguir, dona Dilma neste momento vive a dúvida do corneado, será que é verdade?, portanto meu caro, Dilma apela, apela, essa é a verdade. Quem quiser entende-la que o entenda, depois dessa, se Dilma não vencer, vai desaparecer, sumir, escafeder-se, vai passar um bom tempo para se restabelecer dessa traição, e será mais um “impichada” da história deste país varonil, corruptos e miserável, não é o fim, mas, o recomeço, o início e uma nova história que se escreverá do Brasil, “o tempo é o senhor da razão”, meus netos e os filho deles serão testemunha das consequência desse ato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *