Debate da Mirante: se mudar alguma coisa, tira alguns votos de Wellington

debatemirante

O debate da TV Mirante com os candidatos à prefeitura de São Luís só deve alterar alguma coisa no cenário eleitoral entre Wellington do Curso (PP) e Eduardo Braide (PMN). Pelo termômetro das redes sociais, um percentual do eleitorado muito jovem de classe média, público onde o candidato do PP era mais forte, deve migrar para o candidato do PMN. Os demais, não ganharam nem perderam nada.

Wellington foi um desastre. Nervoso, gaguejou, não conseguia concluir raciocínios e o pior foi demonstrar que, de fato, tem pouco conteúdo. Os esperançosos jovens que ainda não conheciam o verdadeiro Wellington, ficaram decepcionados.

Eduardo Braide (PMN) utilizou sua excelente retórica e ar professoral para atacar Wellington e Edivaldo. Como melhor tribuno da Assembleia Legislativa, sempre esteve calmo e passando confiança. Foi confrontado com temas delicados como a sua gestão à frente da Caema (que não tem grande coisa para se orgulhar) e denúncias relativas a seu pai em Anajatuba.

Edivaldo Holanda Júnior (PDT) foi o principal alvo ao longo de todo debate. Mas se saiu bem. Nervoso no início do debate, se recuperou e mostrou conhecimento da gestão. Não deve perder nem ganhar nada com o debate.

Eliziane Gama (PPS) também foi a mesma de toda a campanha eleitoral de 2016. Muito distante da Eliziane de 2012. A candidata segue apagada e justificando os índices que possui hoje nas pesquisas de intenção de votos.

Fábio Câmara (PMDB) atacou Edivaldo e foi superficial sobre os temas propostos. Também não foi lá grande coisa.

3 pensou em “Debate da Mirante: se mudar alguma coisa, tira alguns votos de Wellington

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *