A curta carreira de Eduardo Braide como gestor da Caema

eduardobraideO candidato a prefeito pelo PMN, Eduardo Braide, gosta de bater no peito e dizer que fez uma excelente gestão quando foi diretor-presidente da CAEMA, mas a verdade é que foi responsável por um período negro no saneamento básico do Estado. Prova disso são os índices nacionais, a poluição das praias e as investigações que envolveram o órgão durante o período.

À frente do órgão estadual, de janeiro de 2005 a março de 2006, a CAEMA foi notificada pelo Ministério Público Federal (MPF/MA) a comprovar que estava trabalhando para despoluir as praias de São Luís, já que muitas estavam impróprias para banho. Ainda durante o período de gestão de Braide, a empresa também não recuperou o sistema de esgotos da capital, descumprindo exigência da Justiça Federal.

De acordo com o teor da sentença, a CAEMA deveria implantar um sistema de coleta e tratamento de esgotos lançados in natura nos rios e no mar da capital, além de ser obrigada a despoluir os corpos hídricos atingidos pela degradação ambiental. Entretanto, por falta de planejamento, os problemas de esgotamento na capital se agravaram, principalmente, nas áreas da Ponta d’areia e Olho d’água, onde o esgoto de residências, clubes, bares e restaurantes eram lançados diretamente para o mar.

Durante a gestão de Braide, pesquisas científicas foram realizadas por universidades maranhenses para aferir as condições de balneabilidade das praias. Tanto as amostras da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), quanto as do Centro Universitário do Maranhão (UniCeuma), confirmaram que as praias Ponta d’areia, São Marcos, Calhau e Olho d’água estavam impróprias para banho.

A inabilidade administrativa não parou por aí. O valor cobrado pela CAEMA para quem residia em imóvel onde não havia medidor de consumo ou se estava ilegível foi questionado por muitos usuários. Foram milhares de queixas sobre o aumento do valor cobrado pela CAEMA. Na reportagem do portal Imirante, de agosto de 2005, um funcionário contou, em entrevista, que costumava pagar R$ 40,00. Depois que Braide assumiu a gestão da companhia, a conta saltou para R$ 120,00.

Em maio de 2009, o Instituto Trata Brasil divulgou o ranking do saneamento com avaliação dos serviços em 79 cidades brasileiras. O estudo foi realizado nos anos de 2003 a 2007. A cidade de São Luís apresentou os piores indicadores. No quesito “desperdício de água tratada” na capital maranhense, a perda ficou acima dos 50%.

A péssima gestão de Eduardo Braide refletiu no turismo. Afinal, uma ilha que não oferece praias próprias para banho perde muito do interesse dos turistas do Brasil e de outras partes do mundo.

Uma gestão que, em pouco mais de um ano, não realizou nenhuma grande obra de saneamento em São Luís e deixou a cidade entre as piores do Brasil em relação ao tratamento de água e esgoto. Este é o único exemplo que temos de Braide como gestor em nosso Estado. Só resta saber se é esta a prática de gestão que será adotada pelo deputado estadual caso se torne prefeito.

9 pensou em “A curta carreira de Eduardo Braide como gestor da Caema

  1. VAMOS AOS EXEMPLOS DE EDVALDO HOLANDA ATUAL PREFEITO,EM 4 ANOS NAO FEZ NEM A METADE DO QUE PROMETEU E AGORA MESMO SE FOR ELEITO EH QUE NAO VAI FAZER MESMO,VAMOS DXAR DE SER BURROS MINHA GENTE!
    AGORA FICAM QUERENDO QUEIMAR O BRAIDE,ME POUPE!

  2. Ridículo essa reportagem. Muita coisa do que foi dita aí não tem nada haver com Eduardo, principalmente, um levantamento de 4 anos, sendo que ele ficou só com 1 ano de gestão. Agora, essas praias impróprias é coisa que ninguém conseguiu resolver por séculos, só estão conseguindo agora, por causa dos investimentos em parceria com o governo do estado. Aiai, época de eleição tem de tudo haha. Pelo que estou vendo, ele é muito mais competente que Edivaldo, por isso o medinho, mas parece que não vai adiantar muito não.

    • A mesma coisa vale para Edivaldo Holando. Quando o prefeito foi eleito a cidade estava um caos , bem sri que falta ainda muita coisa a ser feita, mas a cidade de São Luís está com uma nova cara, cidade limpa coleta de lixo regular, abrigo de ônibus novos e em maior quatidade. Ele fez obras em muiyos bairros em destaque na santa clara coroadinho e etc.. se Braide não conseguiu gerir um órgão público como a caema imagina a cidade de São Luís. Acordam meu povo!!

    • Esse Braide se aproveita que não é político conhecido para usar a máscara da ética. Trabalhei na saúde e vi que quando um político vai para a CAEMA já é só para.ficar rico. Esse Braide nunca me enganou pode até ganhar, mas não será com o meu voto. Para mim nada vai mudar, afinal, moro no mesmo bairro que ele. Mas sei do meu dever cívico de votar corretamente. E o povo que quer renovação mas que não se informa entra na onda dele. Não sou eu quem diz, vão pesquisar!

  3. Não é possível vc entrar e ‘morar’ em uma casa com ela bagunçada..
    Primeiramente vc tem que arruma-la primeiro pra poder colocar as coisas em ordem ..
    Só na secretaria que eu trabalhava o aluguel estava passando de 950 mil …Vários meses sem pagar..Ressaltando que isso é só na minha secretaria.Imagina as outras secretarias..
    Foi encontrada um rombo enorme na prefeitura e Edvaldo Holanda Braga Jr. quitou todas com excelência .
    Enquanto isso tínhamos como governadora Roseana Sarney do qual foi enviado vários oficios de pedido para aliar-se para arrumar São Luís e simplesmente virou as costas e recusou ajuda.Graças a Deus apareceu um novo Governador chamado Flávio Dino que aceitou ajudar o prefeito e as obras começaram ..Muita coisa foi feita e ainda esta sendo feito..
    Se quiserem saber mais pesquise sobre EDUARDO BRAIDE no GOOGLE !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *