Polícia Federal faz operação contra desvio de verbas da saúde

operacao-pf

Até avião foi apreendido pela Polícia Federal

Foi deflagrada no início da manhã desta quinta-feira (6) uma Operação da Polícia Federal em parceria com a Controladoria Geral da União (CGU) como nova fase da Operação Sermão aos Peixes, que investiga o desvio de verbas da saúde e apontou o ex-secretário de Saúde do Maranhão, Ricardo Murad, como chefe da quadrilha que desviou mais de R$ 2 bilhões.

Policiais federais, com apoio da CGU, cumprem nesta manhã 32 mandados judiciais – sendo três de prisão preventiva, 12 de condução coercitiva e 17 de busca e apreensão – e bloqueio judicial de bens a apreensão e sequestro de uma aeronave, em São Luís e Imperatriz, no Maranhão; Araguaína, Palmas , no Tocantins; e Arenópolis, em Goiás.

Na segunda fase, denominada de Operação Abscôndito, as investigações identificaram que o grupo criminoso agiu no sentido de destruir e ocultar provas, incluindo a venda suspeita de uma aeronave objeto de decisão judicial, após o possível vazamento da Operação Sermão aos Peixe, em novembro de 2015.

A outra fase da operação, batizada de Voadores, apurou o desvio de cerca de R$ 36 milhões através do desconto de cheques e posterior depósito nas contas de pessoas físicas e jurídicas vinculadas aos envolvidos, incluindo o saque de contas de hospitais.

Os investigados serão indiciados pelos crimes de embaraço à investigação de infração penal que envolva organização criminosa, de peculato e de lavagem de capitais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *