TRE absolve Edivaldo da acusação sobre caso ISEC por unanimidade

O pleno do Tribunal Regional Eleitoral julgou nesta quinta-feira (11) a Ação do deputado Wellington do Curso (PP) contra o prefeito Edivaldo sobre o caso ISEC ainda relativo ao processo eleitoral de 2016 pedindo a declaração de inelegibilidade e cassação do diploma do prefeito.

Na denúncia o prefeito era acusado de fazer um contrato com o Instituto ISEC de R$ 33 milhões para contratação de cabos eleitorais indicados por vereadores, secretários e lideranças partidárias. O contrato foi assinado em junho de 2015. E por 12 meses. Ou seja, foi bem antes do processo eleitoral e acabou antes da campanha.

Por isso, o desembargador Raimundo Barros, negou provimento à ação e foi acompanhado por todos os juízes eleitorais. O factoide está enterrado.

 

4 pensou em “TRE absolve Edivaldo da acusação sobre caso ISEC por unanimidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.