João Alberto e Roberto Rocha ajudam a livrar Aécio Neves no Conselho de Ética

O conluio PMDB-PSDB mostrou força no Conselho de Ética do senado. O presidente do Conselho, João Alberto (PMDB-MA) garantiu os votos necessários para a vitória de Aécio Neves (PSDB-MG) e mesmo não precisando votar, afirmou que ele mesmo votaria contra a denúncia. A representação contra Aécio por quebra de decoro parlamentar não foi desarquivada.

A representação de autoria do senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) foi arquivada no mês passado pelo presidente do colegiado, João Alberto Souza (PMDB-MA) por “ausência de provas”.

Randolfe, com apoio de cinco senadores, recorreu da decisão por meio do recurso que será avaliado nesta quinta. Se aceito por maioria dos integrantes, o processo seria automaticamente reaberto.

E o pior foi o voto do “socialista”, Roberto Rocha. Votou contra seu partido e a favor de Aécio. O placar da votação abaixo mostra bem de lado está Roberto Rocha.

1 pensou em “João Alberto e Roberto Rocha ajudam a livrar Aécio Neves no Conselho de Ética

  1. Esses dois senadores inúteis o primeiro só faz o que o Sarney pede que fui tudo no Brasil e nunca ajudou o Maranhão pau mandado o outro traídor Asa de avião esses dois parasitas espero o povo nunca mais vote nesse dois inúteis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.