Bira pede celeridade na investigação do assassinato do vereador de Governador Nunes Freire

O assassinato do vereador do município de Governador Nunes Freire, Kledison Rodrigues Costa – conhecido como Kedson (PPS), de 38 anos, repercutiu na Assembleia Legislativa do Maranhão, na tarde de ontem (28). Em discurso na tribuna, o deputado estadual Bira do Pindaré (PSB) reconheceu o esforço da Secretaria de Estado da Segurança Pública, e pediu celeridade nas investigações.

O parlamentar classificou o episódio como um fato horroroso e lembrou que esse é o terceiro assassinato de vereador em três anos. Em 2014 foi o vereador Paulo Lopes Sales, do PT; depois o vereador Esmilton Pereira dos Santos, em 2015; e agora, em 2017, o vereador Kedson, assassinado a tiros e facadas na região do Turi.

“A Secretaria de Segurança pelo que tomei conhecimento agiu fortemente. Já prendeu os suspeitos, mas é preciso uma ação mais intensa, porque não é possível que o município de Nunes Freire vá ser consagrado como uma terra sem lei, onde ninguém pode ser vereador ou blogueiro, porque corre risco de vida”, frisou em referência também ao blogueiro Ítalo Eduardo Diniz Barros, assassinado a tiros, em 2015, no mesmo município.

Para Bira, é preciso que haja um empenho conjunto da Secretaria de Segurança Pública com o Poder Judiciário para que se possa fazer justiça, e o caso não fique impune. “É preciso que a gente possa desfazer essa imagem terrível de um município que sofre com tanta violência, como acontece hoje no município de Governador Nunes Freire”, defendeu.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.