Eduardo Braide quer salvar seu aliado Abdon Murad

Eduardo Braide quer que governo banque a Santa Casa

O deputado estadual Eduardo Braide subiu à tribuna da Assembleia Legislativa do Maranhão para pedir que o governo do Estado faça parceria com a Santa Casa de Misericórdia. Braide tentou aproveitar o factoide do Clã Sarney sobre o hospital de Traumatologia para colocar uma oportunidade de salvar seu aliado, Abdon Murad, que sofre na administração da Santa Casa.

A Santa Casa funciona como hospital filantrópico, mas assim como qualquer outro, possui despesas astronômicas. A unidade instalada aqui em São Luís vive atolada em dívidas que ultrapassam milhões de reais com fornecedores e funcionários. Diante da situação financeira do hospital, caso a Secretaria Estadual de Saúde-SES acatasse a sugestão de Braide os recursos investidos seriam bloqueados apenas para a quitação dessas despesas acumuladas. Além do mais, a Santa Casa continua realizando atendimentos e recebe recursos de doações e do SUS, insuficientes, mas que mantém o serviço.

Responsável pela unidade de saúde é filiado ao partido de Braide

Por trás do discurso “moralista” do presidente estadual do PMN, Braide também busca favorecer um correligionário, o médico Abdon Murad, filiado ao PMN e provedor da Santa Casa. Por isso a sugestão do parlamentar. Murad é filiado ao PMN desde 2013. O provedor da Santa Casa também é presidente do Conselho Regional de Medicina (CRM) e tentou usar esta influência para constranger Edivaldo Holanda Júnior no processo eleitoral de 2016, alegando más condições aos médicos nos hospitais municipais, sem levar em conta as péssimas condições da própria Santa Casa.

Vale ainda ressaltar que o estado mantém convênios com unidades da Santa Casa no interior, como em Cururupu. Na capital, a SES precisou agir para desafogar os Socorrões e aumentar os leitos de cirurgia. O HTO foi uma medida rápida e eficácia, pelo tamanho da obra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *