Luciano Genésio não paga combustível e crianças ficam sem transporte escolar

Prefeito de Pinheiro, Luciano Genésio

O prefeito de Pinheiro, Luciano Genésio (PTdoB), não para de acumular constrangimentos em menos de um ano do seu mandato. Desta vez, estudantes da rede municipal de ensino estão deixando de frequentar as salas de aulas porque o transporte escolar está paralisado por falta de combustível.

O posto responsável por fornecer o diesel estaria sem receber os pagamentos e por isso suspendeu o fornecimento. Outro problema é o atraso nos salários dos motoristas.

Na semana passada, guardas municipais impediram funcionários da Cemar de cortar a energia do prédio da Prefeitura, pelo mesmo motivo: contas atrasadas.

Enquanto a cidade desmorona administrativamente com a paralisação de serviços essências, Luciano Genésio bancou diversos shows nacionais para comemorar o aniversário da cidade no último domingo (03).

Tudo se resume a uma simples questão de prioridades do prefeito.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.