Manifestação de Wellington não deve reunir 30 reprovados do concurso da PM

O deputado estadual Wellington do Curso continua com sua perseguição obstinada contra o concurso da Polícia Militar do Maranhão (PMMA). O parlamentar é administrador de um grupo de Whatsapp que insufla, diariamente, os reprovados no certame a se manifestar contra supostas irregularidades criadas pela mente de WC.

Desde que foi lançado, o concurso da PMMA tem sido alvo de baixas críticas e perseguições do deputado, que é dono de cursinho e tem muito interesse comercial que uma nova prova seja marcada para que ele possa lucrar mais com venda de apostilas e mensalidades.

Sem pensar nos que se esforçaram, estudaram e passaram dentro das mais de 1200 vagas ofertadas, Wellington ludibria os reprovados e os usa de massa de manobra para angariar lucros políticos e, ao mesmo tempo, colocar em evidência o seu nome, homônimo ao do seu curso.

Em mensagem de Whatsapp intitulada de “Manifestação amanhã com nomeação da lista que irá passar lá”, os reprovados colocam o nome confirmando presença no ato, que ocorrerá na tarde desta terça-feira (30), no São Francisco. Tudo com a conivência e estímulo de Wellington do Curso.

A verdade é que o deputado devia agradecer o atual governo pelo número de concursos que está sendo realizado no Maranhão. Diferente do que ocorre no Brasil, o estado é nacionalmente reconhecido como “paraíso dos concurseiros”. Mas, pelo visto, o que WC quer mesmo é largar o negócio e focar somente na politicagem, em sua forma mais espúria.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.