MP afirma não houve irregularidade na divulgação das carretas da ponte Central-Bequimão

O grupo Sarney segue sendo derrotado na Justiça por suas representações contra o governo Flávio Dino. Desta vez, Ministério Público Eleitoral indeferiu pedido feito pelo MDB, partido de Roseana, em que as carretas que transportaram a estrutura da ponte Central-Bequimão estavam fazendo propaganda eleitoral antecipada.

De acordo com o procurador eleitoral José Raimundo Leite Filho, é acertada a decisão que indeferiu a liminar, porque inexistente propaganda eleitoral antecipada.

“No caso, como bem registrou aquela decisão, a simples utilização de faixas com a inscrição “ESTRUTURA DA PONTE CENTRAL-BEQUIMÃO” seguida da expressão “GOVERNO DO ESTADO FAZ PARA TODOS”, slogam de identificação da administração estadual, em caminhões que transportam matéria-prima para a obra pública não configura propaganda eleitoral, tendo em vista seu caráter meramente informativo e institucional”, disse o procurador na decisão.

Portanto, mais uma farsa da oligarquia Sarney é desmontada. Desesperados com a proximidade das eleições e sem chances de ganhar no voto, eles partem para a Justiça, ocupando a Procuradoria Eleitoral com bobagens apelativas e tentando tumultuar o pleito de outubro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.