Dados usados pelo EMA para apontar queda do PIB do Maranhão não existem

Os dados usados pelo jornal O Estado do Maranhão para dizer que a economia do Maranhão caiu em 2017 nunca existiram. Quem diz – e prova isso – é a própria consultoria que fez o estudo citado pelo jornal da família de Roseana Sarney.

A notícia foi publicada em manchete do jornal na terça-feira (31). A reportagem dizia que o PIB do Maranhão tinha caído 15,6% entre 2015 e 2017, com base em levantamento da Tendências Consultoria.

Mas o estudo não fez nenhuma projeção sobre 2017. O levantamento traz apenas dados de 2015 e 2016. O estudo foi distribuído para os principais veículos da imprensa do Brasil e deixa claro que não fala sobre 2017.

A fake news foi sustentada pelo Sistema Mirante mesmo diante da informação, divulgada em março, de que o Maranhão teve o maior crescimento entre todos os Estados no Brasil em 2017. O estudo, feito pelo Itaú-Unibanco, foi publicado pela Folha de S.Paulo.

Durante a entrevista que concedeu à Mirante FM na terça-feira (31), o governador Flávio Dino tentou esclarecer que os dados divulgados pelo jornal da família Sarney eram falsos. Mas os entrevistadores insistiram em dizer que os dados eram verdadeiros. E eram falsos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.