Perdendo por 3 a 1, Ricardo Murad tem julgamento adiado por pedido de vistas

O ex-secretário estadual de Saúde, Ricardo Murad, começou a ser julgado nesta terça-feira (14) pelo Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE/MA), após ter sido condenado e declarado inelegível na primeira instância.

O julgamento foi paralisado pelo pedido de vistas do juiz Itaércio Paulino da Silva. Antes, a votação já estava 3 a 1 para a manutenção da condenação à Murad.O parecer do Ministério Público Eleitoral foi pela condenação de Murad.

O relator do processo, o juiz Júlio César Lima Prazeres, votou pela manutenção da decisão da 8ª Zona Eleitoral, de Coroatá. Acompanharam o relator os juízes Vicente de Paula Gomes de Castro e Welington Cláudio Pinho de Castro. José Eduardo Moreira votou contra.

A sessão será retomada no próximo dia 21 de agosto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.