Obra da Jerônimo de Albuquerque segue para fase de finalização

O projeto, do Governo do Estado, está sob a responsabilidade da Agência Executiva Metropolitana e será entregue até o final deste ano

Muito em breve, o trânsito na Avenida Jerônimo de Albuquerque vai oferecer maior rapidez e segurança para motoristas e pedestres. A obra de alargamento, na altura do bairro do Angelim, em São Luís, está em fase de conclusão e corresponde à primeira parte de um projeto composto de três etapas.

Atualmente, os serviços estão na fase de finalização da rotatória, que servirá para motoristas que seguem em sentido Bequimão fazerem o retorno para a Cohab. Também está sendo feito o asfaltamento de via, para posterior sinalização, e colocação de grama no canteiro e no talude. O projeto, no geral, incluiu serviços de terraplanagem, pavimentação asfáltica e drenagem, construção do canteiro central, calçadas (passeio público) e meio-fio com sarjeta e talude.

A obra é uma parceria com a Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), que está responsável pela criação de alças semelhantes às que já existem na região entre a entrada do bairro Bequimão e o Elevado da Cohama.

Para o presidente da AGEM, Lívio Corrêa, a decisão de iniciar o projeto no Angelim deveu-se a uma demanda antiga da população. “Priorizamos essa área por ser a mais complexa, devido ao aterramento. As demais fases entram em licitação e, futuramente, o projeto será completamente finalizado, oferecendo a solução para os engarrafamentos ao longo da Jerônimo de Albuquerque”, explicou o gestor.

Tráfego complicado

Quem faz o trajeto na Avenida, de carro, ônibus ou motocicleta, conhece o congestionamento, principalmente nos horários de pico. Segundo dados da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), na via, circulam cerca de 13 mil veículos, entre 7h e 8h; e 10 mil, das 18h às 19h, entre o Angelim e Elevado da Cohama. Dar maior celeridade ao fluxo é o benefício mais aguardado.

Neyrivan Reis, administrador hospitalar e morador do bairro Cohatrac, passa pela Jerônimo de Albuquerque diariamente e considera oportuna a intervenção. “Naquele trecho, com certeza, a obra vai promover melhorias. Vai desafogar o trânsito, diminuir o estresse do engarrafamento, contribuir para a economia de combustível, otimizar o tempo da população e melhorar a qualidade”, ressaltou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *