Flávio Dino marca reinício das aulas para 15 de junho, começando pelo ensino superior

O governador Flávio Dino falou em entrevista coletiva na manhã desta sexta-feira (29) sobre os protocolos de reabertura do comércio e normalização das atividades em meio à pandemia do coronavírus. Ele falou sobre as críticas tanto ao isolamento social, quanto à reabertura gradual do comércio. “Seria muito mais cômodo fechar tudo até dezembro ou abrir tudo. Mas isso não é exequível e viável. É muito fácil criticar, mas temos que tomar decisões em meio a uma situação inédita, que a humanidade não experimentou nem durante a gripe espanhola, porque existiam viagens aéreas e a densidade populacional era bem menor”.

Sobre a volta às aulas, um questionamento muito frequente na sociedade, a nova proposta é que a reabertura gradual a partir do dia 15 de junho, com graduação e pós-graduação e uma série de protocolos sanitários combinando atividades presenciais e não presenciais. A explicação par ao início pelo ensino superior é porque os adultos têm mais facilidade de cumprir os protocolos.

“Esse é um processo que vai se estender até o mês de agosto. Estamos anunciando para que as escolas possam se preparar. Se Deus quiser iniciaremos até o dia 15 de junho”, explicou Dino.

O governador reforçou que se os indicadores estiverem fora de controle, tudo será reavaliado, incluindo aulas e reabertura do comércio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *