Líder da marcha “contra” o coronavírus em Santa Helena presta depoimento à Polícia

O autointitulado líder religioso Félix Antônio Ferreira, o “Félix da Revelação”, prestou depoimento nesta quarta-feira (3) à Polícia Civil sobre a manifestação que reuniu centenas de pessoas na marcha “contra” o coronavírus entre os municípios de Santa Helena e Turilândia, no Maranhão (relembre).

A Polícia Civil abriu um inquérito após solicitação da prefeitura de Santa Helena e do Ministério Público do Maranhão (MPMA).

A passeata convocada por Félix Ferreira reuniu “fieis” contrariando as regras sanitárias de distanciamento social e uso de máscara. Além da maioria das pessoas estar sem máscara, ainda houve uma queima de máscaras no final da manifestação. “Jesus não quer ver ninguém mascarado, Deus não se agrada de medrosos”, afirmava um dos manifestantes durante a queima. Em nota, a Igreja Evangélica Assembleia de Deus, localizada em Santa Helena, se manifestou a respeito do protesto contra o coronavírus na cidade e disse que não teve envolvimento na marcha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *