Sá Marques anuncia que votará contra projeto de reajuste dos professores de apenas 2,6%: “um acinte”

A Câmara Municipal de São Luís realiza sessão extraordinária para apreciar o reajuste dos professores da rede municipal de São Luís. O vereador Professor Sá Marques anunciou que votará contra o projeto pelo que considera um acinte o valor concedido de 2,6% de reajuste.

“É um absurdo este valor depois de 5 anos sem reajuste. Além do mais, não será concedido nenhum reajuste para os demais servidores. É um descalabro. Fica o meu protesto. Continuarei na trincheira, buscando as melhorias das condições salarial e de trabalho daqueles que fazem verdadeiramente a riqueza do país, que são os trabalhadores. Jamais votaria contra aqueles que são os mais fracos na pirâmide”, afirmou.

Sá Marques também alertou que a prefeitura não obedeceu a data-base de reajuste, que é o mês de maio, se apoiando na lei Complementar nº 173/2020, que afasta a obrigatoriedade em função do estado de calamidade pública. Para ele, a prefeitura empurrou para não pagar na data, já que a lei é do mês de maio, justamente, o mês da data-base.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *