Sá Marques cobra reativação do Posto de Saúde do João Paulo

Na sessão da Câmara Municipal de São Luís desta semana o vereador Professor Sá Marques cobrou duramente a reativação do posto de saúde do João Paulo. O prédio onde deveria estar a unidade de saúde funciona, segundo o vereador, uma falsa farmácia.

Sá Marques ingressou com mandado de segurança solicitando a reabertura e o judiciário negou a liminar. O parlamentar recorreu para que o posto volte a funcionar e agora o município tem o prazo de 15 dias para se manifestar.

“O ex-secretário Lula Fylho enganou a comunidade do João Paulo e de todos os bairros vizinhos, Caratatiua, Jordoa, Alemanha, Ivar Saldanha, Barreto, Filipinho, Redenção, todos. Essas comunidades não tem sequer uma unidade de saúde próxima para tratamento de saúde básica, qualquer problema de saúde, por mais básico que seja, os moradores destes bairros precisam se deslocar para o Socorrão I, no Centro da cidade ou então para uma UPA. Falta de compromisso e vontade política, alegaram um problema de falta de acessibilidade, isso pode ser planejado com um simples projeto de engenharia, hoje o prédio que deveria está abrigando o posto de saúde abriga uma falsa farmácia. A Prefeitura de São Luís deveria devolver o posto de saúde as comunidades que tanto necessitam. Vou continuar cobrando, não descansarei enquanto o posto de saúde do João Paulo seja reativado”, afirmou.

O parlamentar também cobrou o pagamento dos funcionários da maternidade Maria do Amparo. “Fizemos o maior ‘fogo de palha’ aqui na Câmara Municipal quando a maternidade Maria do Amparo estava para fechar. Nos unimos e todos os vereadores destinaram suas emendas parlamentar e momentaneamente a maternidade não foi fechada. Os funcionários estão há 5 meses sem receber seus vencimentos”, lamentou.

Sá Marques também cobrou o retorno do busto de Josué Montello à Praça do Pantheon, lembrando que a “Mãe d’Água só retornou à Praça Pedro II depois de muita cobrança da imprensa e da sociedade. Caso não seja cobrado, a homenagem ao maranhense que é um dos maiores poetas do país. “Só depois de muitas cobranças e críticas da imprensa que devolveram a estátua. E agora temos a falta de respeito com o grande poeta Josué Montello. O busto do poeta desapareceu na Praça do Pantheon”. Ele também lamentou que o Memorial do Poeta Bandeira Tribuzzi tenha sido deteriorado e praticamente desaparecido.

Sá Marques aproveitou para parabenizar os advogados pela passagem do seu dia e falou da dificuldade de atuação deste profissional no Brasil. “Como já dizia o advogado, escritor, diplomata, Rui Barbosa, não existe Justiça sem a figura do advogado”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *