Milícias digitais já atacam candidatos em São Luís

Disparo para vários números de ataque contra Duarte.

A campanha rasteira não demorou em São Luís. E não parte de um grupo apenas para outro, mas de vários, independente de cor partidária. Ontem, foram disparados para números de whatsapp, com remetente de diferentes estados, veiculações atacando o candidato Duarte Júnior.

Em uma estratégia rasteira aparentemente muito profissional, diferentes números identificados como  ‘DUARTE MIGUELOSO’, com a foto de um palhaço, dispararam os ataques falando das desculpas pedidas pelas aglomerações.

Ataque contra Neto não só por aliança com MDB, mas até ao pai, já morto.

Mas Duarte não é o primeiro nem o único alvo da campanha suja disparada pelo Whatsapp. Há cerca de duas semanas, uma forte campanha baixa contra Neto Evangelista também circula no Whatsapp. Em pelos dois vídeos Neto e´atacado, todos com a marca “Neto Miguelista”. Nas publicações apócrifas, Neto é atacado pela aliança com o MDB e por ser político de carreira, sendo chamado de “vagabundo” por não ter tido trabalho fora da política.

Ataque disparado contra Jeisael no Whatsapp.

Quem também foi alvo de ataques apócrifos por milícia digital foi o candidato Jeisael Marx. Antes dos primeiros, vídeos agressivos contra o candidato circularam no Whatsapp, também com xingamentos e acusando o candidato de ser contraditório por afirmar que sua candidatura é independente e o deputado federal Márcio jerry ter dito em uma entrevista que Jeisael era do campo político do governador, como se o próprio candidato não tivesse dito várias vezes que é do mesmo campo político, mas não é do grupo do governador Flávio Dino.

Parece que o discurso de campanha limpa e propositiva fica só no discurso mesmo. A baixaria vai se intensificar e aparentemente teremos mais uma eleição muito contaminada pelo submundo no whatsapp, sem que o Ministério Público Eleitoral e a Justiça Eleitoral consigam ter alguma reação.

1 pensou em “Milícias digitais já atacam candidatos em São Luís

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *