Pleito antigo de Sá Marques, unificação das matrículas dos professores de São Luís será votada nesta terça

Entrará em pauta na sessão de amanhã da Câmara Municipal de São Luís, projeto de lei que concretiza luta de cerca de dois anos do vereador Sá Marques garantindo a unificação das matrículas dos professores da rede municipal de São Luís para resolver o impasse acerca do acúmulo de cargos que tem sido apontado como ilegal pelo Ministério Público e Tribunal de Contas do Estado.

Desde que o TCE exigiu que todos os servidores de todas as esferas do poder público no Maranhão não acumulassem cargos, o vereador Sá Marques participa de todas audiências e defende a unificação das matrículas dos profissionais da educação, garantindo que eles não percam seus empregos por acúmulo ilegal.

“Vamos concretizar este sonho amanhã para que os servidores públicos da educação de São Luís com apoio de todos os colegas da Câmara. No máximo em 15 dias, isto se tornará lei e garantirá o trabalho de todos os profissionais da educação”.

A decisão foi tomada em reunião na manhã desta segunda-feira (21) entre representantes dos professores e os vereadores Osmar Filho, Sá Marques, César Bombeiro e Pavão Filho (autor do projeto de lei).

Convocação e posse de aprovados

O vereador Sá Marques voltou a cobrar a convocação imediata de todos os aprovados no concurso da educação e a efetiva posse dos que foram convocados há dois meses e ainda não conseguiram assumir seus cargos. O presidente Osmar Filho se comprometeu em atender este pleito e marcou reunião com o Instituto de Previdência do Município na quarta-feira para agilizar a análise documental e exames periciais para que os convocados possam tomar posse o mais rápido possível.

Sá Marques parabenizou a atuação do Sindieducação na luta pelos direitos dos educadores e a atuação dos colegas Osmar Filho e Pavão Filho nestes pleitos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *