Sarney e Roberto Rocha tentam a todo custo dar vitória a Eduardo Braide no 1º turno

Estratégia do grupo Rocha/Braide/Sarney foi bem montada. Mas agora é obrigação vencer no primeiro turno, senão…

A notória queda nas intenções de votos de Eduardo Braide (Podemos) obrigou seus aliados a uma operação de guerra nos últimos meses para reverter o quadro e fazer com que ele vença a eleição no primeiro turno, já que 9 entre 10 analistas acreditam que se a eleição for para o segundo turno e o adversário de Braide tiver o apoio do prefeito Edivaldo e do governador Flávio Dino irá atropelar e derrotar o candidato do Podemos.

Para isso, os principais aliados de Eduardo Braide “limpam” o caminho para que ele vença a eleição já no primeiro turno. Primeiro, o senador Roberto Rocha retirou a candidatura de Wellington do Curso, que figurava entre o segundo e o terceiro lugar nas pesquisas, causando revolta no deputado tucano. Roberto deixou bem claro que a intenção é que com menos adversários, Eduardo Braide vencesse a eleição no primeiro turno.

O deputado César Pires, um dos principais aliados e incentivadores da candidatura de Adriano Sarney, disse em uma entrevista à TV Guará que não abandonaria o aliado, mas que já existia a conversa para que todos que fazem oposição ao governo Flávio Dino se unissem em torno da candidatura de Braide, que era a mais viável eleitoralmente, para conquistar a prefeitura e voltar a ganhar musculatura política. Adriano relutava em abdicar de ser candidato.

E mesmo tendo percentuais significativos, acabou não resistindo à pressão e teve a queda da candidatura confirmada neste domingo (26). Adriano ouve muito o avô, José Sarney, que tem muito carinho por ele e o vê como futuro do grupo. Mas Sarney sabe que agora a sobrevivência passa pela conquista de um importante espaço de poder como é a prefeitura da capital.

Assim, o grupo de oposição Sarney/Roberto Rocha consolida o plano e aposta agora todas as fichas na vitória em primeiro turno. É uma aposta arriscada, mas com um método bem elaborado e com objetivo traçado. Resta esperar se nas próximas pesquisas o percentual de Braide se eleva para um patamar de primeiro turno fora da margem de erro.

Mas como o próprio grupo Sarney/Roberto Rocha sabe e não esconde, se não levar no primeiro turno será muito difícil.

1 pensou em “Sarney e Roberto Rocha tentam a todo custo dar vitória a Eduardo Braide no 1º turno

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *