Acolhe: projeto pioneiro de combate à covid-19 da prefeitura de Ribamar é reconhecido nacionalmente

Projeto da gestão de Eudes Sampaio de combate à covid é destaque nacional

A gestão do prefeito Eudes Sampaio no combate à covid-19 teve reconhecimento nacional. O Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde divulgou os projetos selecionados para I Mostra Virtual Brasil, aqui tem SUS: com os trabalhos selecionados no enfrentamento à Covid-19. As experiências mais exitosas no combate à pandemia foram selecionadas para serem apresentadas a gestores de saúde de todo o país. E o projeto da Rede Acolhe do município de São José de Ribamar, o único do Maranhão, foi um principais destaques.

No ápice da pandemia, a gestão do prefeito Eudes Sampaio criou a Rede Acolhe como Unidade de Referência de Combate às Síndromes Gripais. Com foco no atendimento às pessoas com sintomas da Covid-19, mas, contemplando outras gripes, a exemplo da H1N1, os centros foram implantados nas Unidades Básicas de Saúde (UBS’s) do Miritiua, Recanto Verde, Quinta e no Centro de Reabilitação Maria Amélia Bastos (na Sede). Para casos moderados do Coronavírus, o Acolhe encaminhava para o Hospital Municipal. Além de desafogar o hospital municipal e a rede estadual, as unidades ofereceram atendimento multiprossional a pessoas com os sintomas leves, tanto da Covid como das outras síndromes gripais, que apresentem febre, tosse, dor de garganta e perda do paladar e/ou olfato.

O então Secretário de Saúde, Tiago Fernandes, hoje candidato a vice-prefeito, esteve à frente do projeto durante a fase aguda da pandemia. Ele destacou que a Rede Acolhe foi uma ideia inovadora, que se tornou referência, sendo rapidamente levada para outros municípios do Maranhão e hoje tem reconhecimento nacional. “A secretaria estadual de saúde reconheceu a atitude forte que a prefeitura de São José de Ribamar teve no com à pandemia, tendo como referência a Rede Acolhe. Tanto que mesmo Ribamar sendo a 3ª maior cidade do Maranhão, é apenas 31ª em número de casos. Nós fomos convidados a compartilhar essa experiência exitosa para outros municípios e ajudamos não só Ribamar como outras cidades do Maranhão, demonstrando como essa Rede ajuda a desafogar o sistema e salvar vidas. Hoje, esse reconhecimento passa a ser nacional”.

Foram 1.143 experiências inscritas, 847 concluídas e 629 selecionadas. Ao fim, apenas oito projetos em todo o país foram selecionados para a apresentação. O projeto ribamarense será apresentado pelo secretário municipal de saúde, Willian Ferreira em no Congresso Virtual do Conasems no dia 27 de outubro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *