Secretário de saúde garante segurança sanitária e defende diálogo para volta às aulas na rede pública

O secretário estadual de saúde, Carlos Lula, foi entrevistado no programa Os Analistas, da TV Guará, falando sobre diversos aspectos do combate à pandemia do coronavírus no Maranhão. Um ponto chamou atenção em especial: o retorno às aulas na rede pública, que segue sendo um entrave em todo país. O secretário afirmou que os dados da rede privada demonstram que o número de casos considerando a quantidade de pessoas nas escolas é irrelevante e que é preciso debater a volta, pois segue sendo agravada a distância entre ensino público e privado.

“É completamente irrelevante o número de casos considerando o número de alunos, professores e funcionários. Precisamos fazer o debate sobre educação pública porque só estamos aumentando o fosso entre ensino público e privado”, lembrando que o ensino privado está tendo aulas presenciais há mais de dois meses.

“É preciso pelo menos debate. Não dá pra dizer simplesmente ‘deixa os alunos pra lá’. Não é assim. Se voltou nas escolas privadas e está dando certo, por que não voltar na escola pública? Eu só queria uma razão”, questionou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.