Veja destaca avanço de Lira na bancada do Maranhão, mas contagem de votos é superestimada

A coluna Radar, da revista Veja, destacou a visita do candidato à presidência da Câmara dos Deputados ao Maranhão e seu avanço por votos na bancada maranhense, composta por 18 deputados.

O fato do candidato bolsonarista estar na casa de Flávio Dino e destronar o governador que apoia o candidato Baleia Rossi (MDB), que é o candidato apoiado pelos partidos de esquerda, deixa uma imagem negativa para o governador perante a mídia nacional.

De fato, foi muito positiva a visita de Lira ao Maranhão por ter sido recebido tanto pelo vice-governador, Carlos Brandão, quanto pelo prefeito de São Luís, Eduardo Braide. Mas ainda é difícil dizer se ele ganhou alguns votos após a visita e, principalmente, é inimaginável que ele tenha ganhado tantos votos quanto contabilizado pela Veja.

“Aliados do deputado, que acompanham essas articulação dizem que ele saiu animado com a perspectiva de obter os votos de 14 dos 18 deputados da bancada maranhense na Câmara. A conferir”, diz a nota da Veja.

O número é muito maior do que o que se apresenta neste momento. Por esta conta, somente quatro deputados do Maranhão não votariam em Lira. Somente de votos que certamente ele não terá, já são cinco: João Marcelo (MDB), Rubens Júnior (PCdoB), Márcio Jerry (PCdoB), Bira do Pindaré (PSB) e Zé Carlos (PT).

E mesmo alguns deputados que estavam nas reuniões com Lira em São Luís podem não votar nele. Pedro Lucas (PTB) e Juscelino Filho (DEM) são muito próximos a Rodrigo Maia (DEM) e o atual presidente da Câmara deve ter muita influência em prol do seu candidato. Hildo Rocha (MDB), que também é do partido de Baleia Rossi, também deve votar no candidato, apesar das rusgas que vez por outra tem com o partido.

A disputa deve ser acirrada e os 18 votos bem divididos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *